Serra de Monchique: Cerro dos Picos à esquerda, Fóia ao centro e Picota à esquerda
Glossário - Letra A
Vocábulo Pronúncia Significado Exemplo

À babuja

à bâbúja

À beira da água; na rebentação

Ex: É certo e sabido que nã sabes nadar. Só 'tás aí À babuja...

A bem dizer

a bem d’zer

Quase; ao fim e ao cabo; mais ou menos; de facto; realmente; quái; prestes; más um nada; vai nã vai; ô fim de contas.

Ex: Este enverno nã tem chovido a bem d´zer quái nada...

A cabo de

a cab' d'

Passado; ao fim de.

Ex: Atã s' ê ch'guí lá e só me fui imbora a cabo p' aí duma hora ó duas....

A cabo dum pôco

a cab' dum pôc'

Pouco tempo depois; passado algum tempo.

Ex: Fui à pressa p’ra ir à missa, cheguí a Marmelete, só a cabo dum belo pôco é qu’o Sr. Prior chegou.

À cata

à cata

À procura.

Ex: Nã sê dos mês pintos. Tenho andado à cata deles p'r tod' ô lado e nã nos encontro.

A certo ponto

a cert' ponto

Num dado momento; a dada altura; a certa altura; a pásnas tantas; às tantas.

Ex: Nã sê dos mês pintos. Tenho andado à cata deles p'r tod' ô lado e nã nos encontro.

À cóca

à cóca

À espreita.

Ex: Aquela ‘tá semp’à cóca. Vê tudo o que se passa por aí.

À confiança

à confiança

À vontade; sem medo; sem dúvidas; à vontade.

Ex: Podes beber à confiança qu' essa é da boa....

À conta à conta À medida; à justa. Ex: Aquela semente que tinhas ali chigô pr' ô que qu'rias? – Olha foi méme à conta. Nã sobrô nem faltô...

A custo

a cust'

Com dificuldade; contrariado; forçado; descontravontade; descontrafêto; d'arreata.

Ex: Com-m' é que deste carregado uma canastrada dessa de batatas?!... – A custo, mái lá me desenrasquí.

À do ou à da

à-do ou à-da

À casa do ou em casa do.

Ex: Onde é que vais Zé? Vou-me à do Manel. Queres ir com-migo?

À escapula

à 'scâpúla

À pontinha; por um triz; à escrapela; à escrapelinha; quase a escapulir.

Ex: Dêxa o pingalhete à escapula qu’é p’á loisa desarmar assim qu’o pássaro ‘le toca. | Foi à escapula qu’ele nã ficou debaxo do carro. Tamém, atravessou a estrada sem olhar…

A êto

a êt'

A direito; por igual.

Ex: Tal foi este vento que fez aí, esta nôte?... – Olha levô-me o milho daquele cantêro todo a êto...

À falsa fé

à falsa fé

Com falsidade; de forma desleal; à traição.

Ex: Forte como ele é, ninguuém l'e toca anã ser à falsa fé

À fim

à-fim

Depois;  passado.

Ex: À fim dum pôco, tive que me ir logo embora.| Só deram com aquilo à fim de munto tempo.

À gósma

à gósma

Á custa de; às tenças.

Ex: Nã me dás aí um cigarrinho, Manel? – Que jêto? Andas semp’à gosma, pensas qu’ê sou tê pai ó quem?!...

A jêto

a jêt'

À disposição; ao alcance.

Ex: Põe-te aí que 'tás méme a jêto de saltar daqui um borneco e levares com ele na lombêra... – Nã tenhas medo...

À larga

à larga

À vontade.

Ex: Este ano samií tanta batata ó tã pôca que nã sê se tenho lugar p' às gôrdar todas... – Com o sobrado qu' ali tens, bem podias arrecolher o drôbo que cabiam lá à larga...

À manadia

à mânâdía

À solta; sem moiral; abandonado.

Ex: Tóino, o tê burro é munto raguingoso. – Andou semp’à manadia até agora, quem é que dá conta dum bicho destes?!... | Mái atã que Judêría é que fazeram p’ali ô Ti Chico do Barranco, qu’ele ‘tá todo marafado? – Dêxam estes môços nôvos andarem aí semp’à manadia, dá este resultado… Des qu’l’arrabolaram uns cortiços à barrancêra abaxo…

À manêra

à manêra

Com força; em cheio; como deve ser; a precêto.

Ex: Vamos lá agora fazer aqui uma coisa à manêra, vá... | Um jogador assim, com uma força daquelas, s' ele tancha um pontapé na bola, à manêra, até com as redes ele arrebenta...

À mecha toda

à mécha toda

A toda a velocidade; com toda a força; à rôpa toda.

Ex: A trabalhares assim à mecha toda, em men’s de nada acabas o serviço…

À medida

à m'dida

Conforme; quando; a propósito; ô queres.

Ex: Há-des m' ensinar a capar os popinos. – Olha, à medida qu' eles vã crecendo, corta-l'e a ponta e dêx-ôs arrebentar ôtra vez.

A mês modes

a mês mod's

À minha maneira; a meu gosto.

Ex: C'madre, quer que l'e vá adiantando aqui as morcelas?. – M't'ôbrigada, c'madre, mái ê cá já faço isso, qu' ê gosto das fazer cá a mês modes.

A mim

a mim

Eu.

Ex: P'r más que quêras, nã andas más qu' a mim....

A mim (como)

com-m'à mim

Como eu.

Ex: Faz com-m' à mim, que fica bem fêto.

A minha

a minha

A minha mulher.

Ex: Parente, atão semp'e vai à fêra d' Al'zur? - Vô-me. Já a minha 'tá p' ali arrenjando uma bucha p' à gente levar...

À miséria

à m'séria

Em pequena quantidade; pouco; com falta; com necessidade.

Ex: Prima, nã me dá aqui um coisinho de salsa, que nã tenho nenhuma? - Panhe aí, prima. Mái nã leve isso à m'séria que 'tá fartura dela... | Aquele pobrezito tã bem que 'tava, agora anda aí à m'séria... - É o que dá as pessoas nã terem juízo...

À monelha

à munêlha ou à-m'nêlha

Modo de transporte de troncos de árvore (geralmente pinheiro, castanheiro ou eucalipto), por veredas e caminhos sinuosos e inclinados, que consistia em atá-los com uma corda em cada ponta as quais eram passadas pelo ombro de dois homens que, assim, efectuavam o transporte em suspensão; deturpação de molhelha, chumaço colocado no pescoço das bestas onde assentava o varal do carro de besta e, noutras regiões do país, almofada colocada na cabeça dos bois sobre a qual assentava a canga.

Ex: Os novos, agora, nã sabem dar valor ô qu'a vida custava. No mê tempo, tínhamos que carregar qualquer pau à monelha pesasse ele o que pesasse. Agora... é já tudo com trectores.

À ôtra

à-ôtra

Segundo; em segundo lugar; por outro lado; depois.

Ex: Ê cá nã gosto nada de coisas dessas... À uma qu' o mê fêtio nã dá p'ra isso. E à ôtra, qu' a famila pode nã gostar...

A pásnas tantas

a-pásnas tantas

A certa altura; daqui a pouco; não tarda nada; a páginas tantas.

Ex: A pásnas tantas, ‘pareceu o pai dela, tive que fugir p’l’aqueles cantêros abaxo enq’onto podia…

À pata

à pata

A pé; uns pôcos a pé ôtros andando; na camineta das duas.

Ex: Já aí 'tás, vieste na carrêra? – Qual o quém!...Vinhe à pata…

À pêto

à pêt'

A sério.

Ex: Nã és homem nã és nada se nã alevantares esse baloiso sòzinho... – Nã l'e digas isso, qu' ele leva isso a pêto e inda se desmancha pr' aí... …

À pida

à pida

A pedir esmola.

Ex: O qu' é qu' e fêto do Tóino Ferroso? – Essa desgraça, um dia destes, d'zeram-me qu' ele andava à pida, lá pra baxo nã sê pr' à adonde...

A pique

a pic'

Íngreme; na vertical; ingre; impinado; empinado; embargoso.

Ex: Fui p'a assubir além aquela chapada prêacima, tive que voltar p'a trás... – 'Tás parvo... Atã, nã vês qu' aquilo é quái a pique...

A pontes

a pont's

A uma situação; a uma condição; ao ponto de.

Ex: Grande falta d' água qu' aí vai este ano... – A bica da fonte chegô a pontes tás, que só já pinga...

A precêto

a pr'cêt'

Com força; em cheio; como deve ser; à manêra.

Ex: Vamos lá agora fazer aqui uma coisa a precêto, vá... | Um jogador assim, com uma força daquelas, s' ele tancha um pontapé na bola, a precêto, até com as redes ele arrebenta...

À rabanhita

à rabanhita

À disputa; atirar rebuçados, frutos, etc., fazendo-os rolar pelo chão de modo a serem apanhados por quem for mais lesto.

Ex: O Tóino é um judeu, que só visto. P'a ver os moç's pequenos andar p'o chão, joga-l'e rabeçados à rabanhita, aquilo é vê-los num gavelo... Foi semp'e cão p'a judear...

À rés ou à rèzinha

à'rez (como em dez)

Rente; muito próximo; perto; à beira; arrumado; arrumadinho; ô ladinho.

Ex: Tóino, corta a rama da batata bem à rés do chão...

A respêto de

a r'spêt' de

Acerca de; sobre; relativamente; com respêto a.

Ex: E a respêto daquilo qu' agente falô ontordia, já resolveste alguma coisa?. Inda não, mái amanhã logo te dô uma resposta..

À roda

à roda

À volta; à beira; de roda; ô redor.

Ex: O melhor caminho é ir ali à roda, passando p' trás de casa do Parente Zé. |Ó moç's, vã lá brincar um coisinho ali p' à rua. Nã nos quero aqui semp'e à roda de mim.

À rôpa toda

à rôpa toda

A toda a velocidade; com toda a força; à pressa; a correr; a toda a mecha.

Ex: Passou aqui uma b’cicleta à rôpa toda, quem saria o gazeado…

À som de

à-som de

À custa de; só por; a poder de.

Ex: Nã dou fêto nada deste moço. Só obedêce à som de porrada...

A tempo e horas

a temp'e horas

Na devida altura; atempadamente.

Ex: Umas batatas tã jêtosas, mal empregado 'tarem chêas de traquinoso... – Nã se tratô delas a temp' e horas...

A tento

a tént'

Às apalpadelas.

Ex: Esta nôte, d'rmi no palhêro p'r ca'sa da famila que f'cô aí da mortepórque. Ás tantas, precisí d' ir verter águas, nã tinha luz, corri o sobrado tod' a tento, custí a dar com a porta. – Atã, que jêt' nã levares un fócse?... – Tinha algum...

A toda a mecha

a tôd'à mecha

A toda a velocidade; com toda a força; à rôpa toda.

Ex: A trabalhares assim a toda à mecha, em men’s de nada acabas o serviço…

À torreira

à turrêra

Sob calor intenso do sol.

Ex: Ó filho, nã 'tejas aí a essa torrêra sem chapéu, qu' isso faz-te mal. – Ist' é só um pôcachinho, qu' ê vô-me já embora.

À última

à-últ'ma

Depois; em último lugar; ô fim; no fim de contas; no fim de resto.

Ex: Q'ondo eu d’zer, faz-se força todos à uma!

À uma

à-uma

Em conjunto; ao mesmo tempo; primeiro; em primeiro lugar; por um lado; logo.

Ex: Q’ondo eu d’zer, faz-se força todos à uma! | Ê cá nã gosto nada de coisas dessas... À uma qu' o mê fêtio nã dá p'ra isso. E à ôtra, qu' a famila pode nã gostar...

A ver se

a vers'

Para.

Ex: Que jêto fazeres uma coisa dessas?... – Era a ver se dava fêto o serviço todo depressa.

A vista de

à vista de

Comparativamente a; em comparação com.

Ex: Olha-me só p'ra este pórco qu' ê tenho aqui!... – É um belo bicho... Mái à vista dum qu' ê cá vi, ontordia, na fêra de Santarém, nã l'e chega ôs calcanhares...

À vontade

à vontad'

Livremente; sem medo; sem dúvidas; à confiança.

Ex: Podes beber à vontade qu' essa é da boa....

Abanhar

âbânhár

Nadar; tomar banho no mar, num tanque ou no mar

Ex: Raio dos môç's, 'tavam a li tôd's a abanhar no tãinque da fonte, estibornava água p'r tod' ô lado...

Abano

âbâno

Espécie de leque, feito de empreita com um cabo de madeira, destinado a ventilar o fogo para activar a combustão; capacho.

Ex: Ó T’resa, dá-me lá aí o abano a ver s’ê dô acendido o fogo.

Abarcar

âbârcár

Envolver; cingir; avistar, descortinar; alcançar.

Ex: Que belos pinhêros qu’ê tenh’aqui!... A maior parte deles um homem não os dá abarcado. | Aquela serra além, enq’onto a vista dá abarcado, era dos mês avózes.

Abarcas

âbárcas

Luta para medição de forças entre dois competidores, em que cada um envolve o adversário com os braços e tenta desequilibrá-lo, normalmente, levantando-o do chão.

Ex: Ontem fui a umas abarcas com o Tóino dêtí-o logo por terra!...

Abaxinho

âbàxính' ou âbâxínho

Ligeiramente abaixo; próximo no sentido descendente; prebaxinho.

Ex: Olhe, é logo ali más abaxinho.

Àbecedário

àb-ç'dário

Alfabeto.

Ex: Nã sê p’ra qu’é q’andaste na ‘scola, quái que nem sabes o àb’cedário...

Abelharós

âb'lharós

Abelharuco; belharós; também usado no plural : abelharoses.

Ex: As abelharoses inçaram-me às colmêas, já me mataram um enxame.

Abença

àbênça ou âbença

Benção; abencinha; bença.

Ex: Abença mê avó!... – Dés t’abençoe.

Abencinha

âbêncínha

Abença; bença.

Ex: Atão! Já pediste a abencinha ô avó?... – Abencinha, mê avó! – Dés te faça um santinho.

Abêrão

âbêrão

Chapéu de aba larga usado pelos homens; abirum.

Ex: Com esse abêrão na cabeça nã há medo do sol...

Aberta

aberta

Intervalo entre dois aguaceiros.

Ex: Vou-me aprovêtar agora esta aberta antes que chova más.

Abéspra

abéspra (como em dez ou como em fez)

Vespa.

Ex: Leví uma ferroada duma abéspra que f’quí com um besôlhão no olho d’rêto.

Abesprêro

ab'sprêr'

Vespeiro.

Ex: Antes d’acêfar a avêa temos que matar aquele abesprêro senão elas picam na gente.

Abirum

àbirúm

Chapéu de aba larga usado pelos homens; abêrão.

Ex: Com esse abirum na cabeça nã há medo do sol...

Abismado

abismad'

Surpreendido; atónito; pasmado; espantado; admirado; assombrado; pensativo; ensampado; insampado; embosnado.

Ex: Ind’agora, vinha ali andando, de repente, vi uma coisa a se mexer, até f’quí abismado!... Béque-me par’cia um escalavardo ó uma zorra, nã dí visto bem, já era lusco-fusco...

Abobraja

abubraja

Comida ou bebida de má qualidade; porcaria; travia.

Ex: Ontordia, fui com mê parente Zé Manel comer lá a uma pensão, im Vila Nova, punhana!...– Foi coisa boa, não?... – Que jêto?!... Foi uma abobraja que mecêa nã quêra saber...

Abobrêro

abubrêr'

Balofo; nascido fora de época.

Ex: O Jôquim tem um pórco abobrêro no curral. Só l’e dá rama de fava.

Abolecer

abul'cér

Abolorecer.

Ex. Esta semana, o mê pão aboleceu logo. Calhando a léveda nã ‘tava g’ande coisa.

Abrigoso

abrigôs'

Abrigado; protegido do vento; soalheiro.

Ex: Este ano samií umas batatinhas, logo no cedo, além pre cima, daqueles madronhêros, vamos lá a ver se tiro d'além alguma coisa. É que 'tô com medo da geada... – Pode ser qu'escapem... Aquilo é além munt'abrigoso...

Abrulhar

abrulhar

Espigar; grelar; criar abrulhos; usado frequentemente em relação às batatas.

Ex: Dêxí estas batatas a abrulhar, más descudí-me, já têm abrulhos grandes demás.

Abrulho

abrulh'

Espigo; grelo.

Ex: Estas batatas já têm uns belos abrulhos. Tenho qu’as samear p´rá semana, nã venha despôs p’raí algum geadão e as queme todas...

Abusar

abusar

Ter relações sexuais com uma mulher alheia ou solteira; troçar de algo sagrado ou supersticioso (Deus, religião, bruxedo, etc); judiar.

Ex: Des qu’o Tóino abusou da mecinha da Portela. Sará verdade?... – Ê cá nã sê, más eles falavam-se e andavam sempre aí no coçairo, o qu’é que ‘le ‘esperavas... | Ê cá nã fui acostumado a ir à missa, mái abusar nã abuso...

Acabedar

acâb'dár

Calhar em sorte; pertencer por partilha; ser atribuído.

Ex: Mái atão já viu o que m’havera de acabedar agora?... É que nem me dou sustido de pé!... – Tem que ter pacência, prima...

Acaçapado

acâçâpád'

Escondido; acomodado; acachapado; atafulhado; amalhòfado; encafuado; incafuado; ensovacado; insovacado; assovacado; acuado; acoitado.

Ex: Ond’é que tem andado o Moitas? Cuidava qu’ele ‘tava acaçapado lá p´rô Moinho...

Acachapado

acâchâpád'

Escondido; acaçapado; atafulhado; amalhòfado; encafuado; incafuado; ensovacado; insovacado; assovacado; acuado; acoitado.

Ex: O qu’é que sará que tu fazeste, p’ra ‘tares aí acachapado dessa manêra?!...

Acagulado

âcâgulád'

Muito cheio; alto cagulo - cheio acima do nível da rasoira.

Ex: Ó compad’Zé, com’é qu’ê dô levado isto s’a saca tá acagulada?!... – Atã nã havera de ’tar, ê fiz-l’a medida em alto cagulo...

Acagular

âcâgulár

Encher demasiado.

Ex: Tóino, nã acagules a canastra tanto, senã vás dêxando cair batatas p'r o caminho..

Acalar

acâlár

Incidir; efectuar um corte, geralmente triangular, na melancia para verificar se está madura.

Ex: Ó parente, esta blancia tará bem madura? – Isso é uma categoria!.. Mái se nã tá munto certo nela, exp’rimente a acalá-la.

Acalcar acàlcár Pressionar; calcar; clicar; carregar. Ex: Mí atão tu tens este pulso munto inchado ... – Nã acalques munto qu'ele dói-me!...

Acarear

acâriár

Adquirir; proteger; adoptar.

Ex: Andou o pobrezinho a acarear o que pôde p’ra agora ‘le roubarem tudo... | Andava p’rá ‘li um cão perdido, quem o acareou foi os primos da Rebêra.

Acarrado

acârrád'

Perro.

Ex: Esta fechadura ‘tá toda acarrada. Tenho que ‘le pôr um coisinho d’azête.

Acarrar na cama

acârrár na cama

Ficar de cama com doença demorada.

Ex: Mái atão ond’é que tens andado qu’há tanto tempo que nã ‘pareces? – Acarrí na cama com  uma catarrêra, custí-me a ver livre dela…

Acarrar no sono

acârrár no sôn'

Adormecer profundamente.

Ex: Dêti-me tarde, acarrí no sono, nã me di levantado a horas d’ir p’ô trabalho…

Acartar

acârtár

Carregar; transportar.

Ex: Nã te esqueças que tens o esterco todo p’ra acartar p´rô cantêro de cima e amanhã ó despôs quero começar a cavar.

Aciminha

âç'mínha

Ligeiramente acima; próximo, no sentido ascendente; preciminha.

Ex: Adonde é que fica as Barrêras, parente? – É log’aí más aciminha.

Acoitado

acôitádo

Escondido; refugiado; acolhido; acaçapado; atafulhado; acachapado; amalhòfado; encafuado; incafuado; ensovacado; insovacado; assovacado; acuado.

Ex: Leva ali acoitado tod’ô dia, ninguém o vê.

Acolhêta (d')

d'acolhêta

De colheita própria.

Ex: Que belas melancias que tens aqui... Adonde é qu' as compraste? – Isto sã d' acolhêta.

Acomodar

ac'm'dar

Ajeitar; arrumar; afêçoar; compor; atamancar; aconchegar; amanhar.

Ex: Dêxa-m’ir embora qu’inda tenho qu’ir acomodar o a casa que 'tá toda desarrumada.

Acompanhamento

acompanhament'

Cortejo; componente alimentar secundária dum prato; mestura.

Ex: Que grande acompanhamento qu’este casamento leva!... | O enterro da mecinha que morreu no desastre levava um acompanhamento qu’ê nunca tinha visto!... | Fazeste algum acompanhamento p’a comer com os piques?

Aconchegar

aconchêgár

Ajeitar; arrumar; amanhar; afêçoar; compor; atamancar; assilhar.

Ex: Ó filha, aconchega aí esse quarto, que ‘tá num desalvôro...

Aconchegar-se

aconchêgár-s'

Ajeitar-se; amalhar-se; amalhòfar-se; apròchegar-se.

Ex. Nã te estejas já a aconchegar, qu’o comer ainda nã ‘tá fêto!... Descasca lá aí umas batatinhas enq’onto ê vou buscar um cântaro d’água.

Aconchego

aconchêg'

Conforto; cómado.

Ex: Vá lá que já chegamos ao aconchêgo da nossa casinha. ‘Tô tã cansada!...

Acontentar

acontentar

Contentar.

Ex: Vai um calcesinho dela, Tóino? – Ê cá bobia era uma cervejinha média... – Média?!... Acontenta-te lá com uma das pequenas e nã digas que vás daqui...

Acuado

acuad'

Imóvel; encolhido; escondido; sem iniciativa acaçapado; atafulhado; acachapado; amalhòfado; encafuado; incafuado; ensovacado; assovacado; acoitado.

Ex: Mái atão o pórco qu’ê comprí na barrêra de Monchique leva sempre acuado ô canto do curral... ‘Tará doente?...

Acuaso

âcuáso

Por acaso.

Ex: Adonde vás, Zé? – Vô-me à do ti 'Náiço dos Pôrtos b'scar um bacorinho qu' ê l'e comprí. S'acuáso ele nã 'tá im casa, é que 'tá torta, que perco o mê tempo...

Açucre

âçucr'

Açúcar.

Ex: Maria, põe-me aqui mái uma coisinha d' açucre no café, qu' isto f'cô munto amargôso...

Acudir

acudir

Responder; responder ao chamamento de quem brada; aproximar-se; chegar-se; apròchegar-se.

Ex: Acode à tu’ mãe!... nã a ouves a bradar!?...

Açular

açular

Incitar os cães a ladrar ou morder; atiçar.

Ex: Aquele sacanistra do Manel da Êra tem o costume d’ açular os cãs a quem passa, já me iam mordendo... Dêxa ‘tar que q’ondo o encontrar ê logo ‘le dô...

Acusar

acusar

Declarar, antes de jogar a primeira carta, que tem na mão um conjunto de três carta valiosas, no jogo dos três-setes. Vale três pontos. São os seguintes: apolitana, três ternos, três duques ou três ases.

Ex: Entes de jogar, veja lá de tem p' aí alguma coisa p'a acusar... – Ai, que já me desquecia... Tenho três duques. Puxe três milhos.

Acuso

acuso

Declaração, antes de jogar a primeira carta, de ter na mão um conjunto de três carta valiosas, no jogo dos três-setes. Vale três pontos. São os seguintes: apolitana, três ternos, três duques ou três ases.

Ex: Veja lá há q'onto tempo se 'tá aqui a jogar... Inda nem um acuso ê cá fiz... É qu' o jogo nã quer nada com-migo... – Mái fez o sê parcêro...

Adelfêra ou adelfa

adelfêra (como em Manuel)

Rododendro, planta protegida, em risco de extinção, ainda existente na serra de Monchique.

Ex: Mete o canito aí por dentro dessa adelfêra que ‘tá lá um coelho amalhófado.

Adés minhas encomendas...

adés m'nhas enc'mendas

Expressão de desalento ou desconfiança.

Ex: Dêxí-o ir imbora e nã fiz contas com ele... – Atã, adés minhas encomendas!... Esse d'nhêro, nunca más o vês...

Adevertemento

ad'v'rt'mént'

Divertimento; diversão; festa; pagode; laré; charola; ratôiça; espàircemento.

Ex: Atão!... E que tal de resto?... – Do melhor... Aquilo é que foi um adevertemento!...

Adevertido

ad'v'rtid'

Divertido; animado.

Ex: Atã, c'm' è que 'teve o balho ontem? – 'Teve munto ad'vertido.

Adevertir-se

ad'v'rtir-se

Divertir-se; espàircer; charolar; andar na geraldina; andar na charola; andar na boavaiela; andar na ratôiça; andar no laré.

Ex: Atão!... E que tal de resto?... – Do melhor... Aquilo é que foi um adevertemento!...

Adiafa

adiáfa

Refeição comemorativa do final de um trabalho árduo ou prolongado oferecida pelo patrão ou dono.

Ex: Moços, s’a gente arredondar isto hoje, fazemos logo a adiafa amanhã à tarde, ‘tá bem?

Adiantar-se

adiantar-s'

Abusar; esticar-se; chigar-se p'à frente.

Ex: Eh, Tóino, tal é esse beb'dêrão que tens nos cascos?!... – Nã t' adiantes munto qu' ê inda nã te dí confiança p'ra isso ...

Adianto

adiânt'

Avanço; antecipação; vantagem.

Ex: Pensas qu'ê tenho medo d'ir a umas corridas contigo? Nem penses... Olha, daqui até a casa inda te dô um adianto de vinte metros...

Adiata

adiáta

Dieta.

Ex: Fui ô dôtor, recêtô-me uma adiata tã grande que nã posso comer quái nada. Já viu a minha desgraça, primo...

Adiente

adiénte  (como em ninguém)

Adiante; antes de; à frente.

Ex: Ê cá gosto de ir sempre adiente.

Adobe

adôb'

Espécie de tijolo feito de barro seco ao sol, utilizado nas construções de taipa.

Ex: Tráz-me lá aí uns q’ontos adôb's p’ra ê ajêtar esta parede.

Adonde

adond'

Aonde; onde; donde.

Ex: ‘Tô aqui a pensar adonde é qu’ hêd’ ir arrenjar umas podas de batata doce que me faltam p’ àrredondar esta casêra...

Adonde nã se dá visto Dés

adond' nã s'dá vist' dés

Escuso; muito longe; de acesso muito difícil; adonde o diabo perdeu a mãe.

Ex: Adonde é que mora esta famila? – Cala-te aí!... Isto moram lá p' trás da Fóia, adonde nã se dá visto Dés...

Adonde o diabo perdeu a mãe

adond' o diab' perdé' a mãe

Escuso; muito longe; de acesso muito difícil; adonde nã se dá visto Dés.

Ex: Adonde é que mora esta famila? – Cala-te aí!... Isto moram lá p' trás da Fóia, adonde o diabo perdé a mãe...

Adregue

adreg'

Casualidade; acaso.

Ex: Dí ali um escorregão, foi um adregue nã Ter partido uma perna...

Adregue (d')

d'âdrég'

Dificilmente; pouco provável; ser má de.

Ex: Passa das duas já, será d’adregue inda dar panhado a carrêra. Dêxa-me lá ir a fugir, qu’ê preciso tanto d’ir à Vila...

Adubos

adub's

Especiarias; condimentos; sendo os mais usados nos enchidos tradicionais, os cominhos, o cravinho ou cravo fino, a canela, a pimenta, o pimentão, o louro.

Ex: Prima T’reza, já foi comprar os adubpos p’rá mortepórque? – Inda nã tive tempo, prima. – Atã q’ondo for logo me dá vaia qu’ê cá vou consigo...

Aduelas

aduélas

Tábuas ligeiramente curvas de que eram feitas as pipas; costelas.

Ex: As aduelas daquela dorna’tão frôxas, temos que a encher d’água p’ra incharem. | Dí uma pancada aqui de lado tenho as aduelas todas desengonçadas.

Afalcoado

afalcuad'

Necessitado; incompleto; desfalcado.

Ex: O patrão ainda nã me pagou esta semana, ‘tô tã afalcoado de dinhêro... | Tóino Zé, enche-me lá isso melhor qu’essa medida ‘tá munto afalcoada.

Afêçoar

afêçuár

Arrumar; ajeitar; preparar; aconchegar; compor; amanhar; assilhar; atamancar.

Ex: Se nam me dêxas sossegado, levas um afègão de ganas pões-te logo queto…

Afègada

afègada

Arfada.

Ex: Parece-me qu’essa galinha ‘tá com gosma. Com a afègada que faz...

Afègão de ganas

afègã d'ganas

Apertão do pescoço.

Ex: Se nam me dêxas sossegado, levas um afègão de ganas pões-te logo queto…

Afègar

afègár

Respirar com dificuldade e ruidosamente; arfar; ofegar; resfolgar.

Ex: Parece-me qu' essa galinha ‘tá com gosma. A afègar dessa manêra...

Aferventar

afr'ventar

Processo de preparação do milho seco que consistia numa primeira cozedura em água e cinza, seguida de seca ao sol. Posteriormente, eram definitivamente cozidos para uma refeição, designada jantar de milhos.

Ex: Tenho qu’aferventar más uns milhinhos quéstes ‘tão quái acabados.

Afiar

afiar

Correr de fio.

Ex: Punhana, que, tã penas l' assantí a cabeça, afiô logo... – Calhando, tens o fogo munto forte...

Afincar

afincar

Agarrar; segurar; aplicar algo com violência; bater; tanchar; atanchar; arrumar; ferrar; pregar.

Ex: Afinca-te bem na albarda qu’a burra é raguingosa!... |  Afinqui-lhe um pontapé nas canoiras qu´é  pr’a ele s’alembrar...

Afincar-se

afincarss'

Fazer algo com afinco ou persistência; dedicar-se; jogar-se.

Ex: Chigô ali à venda, afincô-se a bober copos, já 'tá neste estado... – E, agora, quem é qu' o dá arrencado dali?...

Afiturar-se

afiturar-s'

Aventurar-se; arriscar-se; ousar; sujêtar-se; hablitar-se.

Ex: Com este escuro, nã m’afituro aí por essa serra abaxo.

Afocinhar

afuç'nhar

Cair para a frente; bater a apèraja; andar de raboleta; espaldêrar-se; espatarrar-se.

Ex: Escorreguí, afocinhí no chão, f’quí todo esgateado...

Afogueado

afuguiádo

Acalorado; escalfado; esbraseado; encalorado; encalmado.

Ex: Agora nã posso ir pr’à rua que ‘tô toda afogueada com o calor do forno. Senã inda panho pr’aí uma catarrêra.

Afossar

afussar

Fossar; esgravatar com o focinho.

Ex: O saganheta do pórco só m’andava a afossar o chão do curral, tive que l’e pôr um anel.

Agachar-se

agàchár-s'

Dobrar-se sobre os joelhos; baixar-se; defecar; evacuar; dar de corpo; fazer o serviço; governar-se; obrar.

Ex: O qu’é que ‘tás a fazer aí agachado? | Agacha-te mem’ aí p’ trás dessa mongariça, que nã vem aí ninguém que veja...

Agarra

agárra

Algo a que nos podemos segurar; desculpa; justificação; cunha; péga; salva; empenho.

Ex: Vá lá que tinha aqui uma boa agarra, senã tinha caído um porradão... | Com’é qu’ele dé’ido trabalhar p’rá Câmara? – Ora, tem munt’ boas agarras...

Agarrado

agarrado

Avarento; sovina; forreta; avaro; fónica, sagôrro; interessêro.

Ex: Vê lá se pagas aí uma rodadinha p' à gente, Zé!... – Era o que faltava!... – É pá, munt' agarrado me saíste...

Agastura

agâstúra

Indisposição; mau gosto; ânsias; ansiedade; gastura.

Ex: Désna d’ontem que ando cá com uma agastura. Nã sê o que comi que me fez mal.

Agência

agên-inça

Terminal de autocarros.

Ex: Entes de s' irm's embora, inda vô ali à do parente Chula, qu' ê tenh' míngua dumas coisinhas. – Atã ê espero p'r ti ali na agência.

Agora

agora

Mas; porém.

Ex: S’é p’a c’meres, dou-te um pedacinho de pão. Agora s’é p’a ‘stragares, nã te dou nenhum.

Agora por isso

agora p'riss'

A propósito; lá por isso.

Ex: Vás, hoje, às endoenças, T'reza? – Agora p'r isso. A que horas é apr'cissão?

Agravar

agravar

Inflamar; infectar; arejar; isiparar.

Ex: O qu’é que foi isso aí no dedo? – Cortí-me e tenho isto tudo agravado.

Água chilra ou chirla

água ch'ilrra ou chirrla

Água turva; lavaduras; água lechosa.

Ex: Dêta-me lá essa água chilra fora qu’isso já chêra mal...

Água coalhada

água coàlháda

Granizo; água de pedra.

Ex: Chuveu tanta água coalhada que estragou a rama toda das batatas.

Água de pedra

água d'pedra

Granizo; água coalhada.

Ex: Punhefra!... Choveu aí tanta água de pedra qu’até nem se via o chão...

Água ferrosa

água f'rrosa

Água com grande quantidade de ferro em suspensão.

Ex: A fonte das aivencas é ferrosa, nã é? – E munto. Nã tns vidto aquilo tudo castanho…

Água lechosa

água l'chosa

Água turva; lavaduras; água chilra ou chirla.

Ex: Despeja lá aí essa água lexosa p’rô balde das lavaduras qu’ê tenho preciso do alguidar.

Água mole água mol' Água imprópria para beber por não estar fresca. Ex: Alcança-me lá aí o barril p'a ê beber uma sede d'água. – Más olha qu'ela 'tá mole qu'o barril panhô ali um coisinho de sol.

Aguado

auguado

Confuso; ensarampantado; ògado.

Ex: O homem nã sabe o que faz. Tem andado àguado.

Aguamento

auguament'

Contrariedade; irritação; enjoo; marfação; ganas; géno.

Ex: O mê compad’ Zé disse-me tanta parvoêra qu’ê panhí cá um aguamento... Inda ‘tô apequentado.

Àguar

àguar

Adoecer por não concretizar um desejo; geralmente utilizado em relação às grávidas quando desejam comer algo; àuguar.

Ex: Ó Zé Manel, vê lá se chatêas a mulher, qu’ela ‘tá p’a menino e pode àguar...

Àgu-ento

àgu-ent'

Aguentado.

Ex: Ê nã dô àgu-ento uma coisa destas... Tôd's dias a méma coisa, sempre, sempre...

Àgu-ento (dar)

dar àgu-ent'

Aguentar; suster; dar conta.

Ex: Ê nã dô àgu-ento uma coisa destas... Tôd's dias a méma coisa, sempre, sempre...

Aguilhada

âg'lháda

Pau com ponta metálica para tocar as vacas da junta.

Ex: Ó tóino, toca-me aí a brèjêra, p’ra qu’é que tens a aguilhada nas mãos?...

Agulhêro

âg'lhêro

Buraco ou fresta no telhado por onde entra luz (luzerna); clarabóia.

Ex: Que grande agulhêro que ‘tá além no telhado. Antes do enverno tenho que pôr além ôtra telha.

Aí!... ou aí, chó!... ou aí, ó!...

aí!... ou a í, chó!... ou aí, ó!...

Ordem de paragem ao burro ou muar; toma chó!...

Ex: Aí, chó!... Ond’é que vás com essa pressa toda?... Dêxa-me lá endrêtar essa carga!...

Áiga

áiga

Águia; sapêro.

Ex: Que jêto ch'marem Cabeça d' Áiga àquele sito?... – Sê cá... Calhando, havia p' além muntos bichos desses, nôtres tempos...

Ãinsa

ãinsa

Angústia; aflição; desejo; expectativa; entusiasmo; vontade; influên-inça; enfluên-inça; crença.

Ex: Agora, até à noite da Festa, leva nesta ãinsa só p'a saber o qu' o Menino Jasus l'e põe no sapatinho...

Ãinsas

ãinsas

Indisposição; vómitos; ansiedade; gastura.

Ex: Nã sê o que comi que me deu cá umas âinsas!... Já fiz um chàzinho de lagrimóina e nâ ‘tô nada melhor.

Aipo

áip'

Apo; peça do charrueco que liga o rabelo à aiveca.

Ex: Tem cudado qu’o aipo ‘tá-se quái a partir. Temos qu’o levar a concertar.

Aira

áira

Graça; perfeição; aspecto; forma; modelo; jêto.

Ex: O vestido da Mari’ Jôquina nã tem aira nenhuma...

Aiveca

àivéca (como em charneca)

Peça do charrueco com o formato de telha invertida que se acopla à rêlha para afastar a terra do rego.

Ex: Esta aiveca havera de ser um coisinho maior. A terra béque-me nã fica bem voltada...

Ajêtar-se

ajêtar-s'

Ter vocação; ter queda; ter inclinação; ter jêto; aconchegar-se; amalhòfar-se; apròchegar-se.

Ex: O Zé Manel anda a aprender a tocar fole. E olha que s' ajêta miunto bem...

Ajôjar

âjôjár

Cair; tombar; ficar de cócoras; amajular.

Ex: Com’é que f’zeste isso p’a ‘tares ajôjado dessa manêra?!...

Ajudada

aj'dada

Ajuda dada por diversos vizinhos ou amigos em conjunto, geralmente, na lida do campo.

Ex: Amanhã vamos fazer uma ajudada ô primo Chico do Cabeço a ver s’ele põe o telhado na casa.

Ajudador

aj'dador

Ajudante.

Ex: Que belo ajudador qu’ê tenh’aqui. Nã faz coisíss’ma nunhuma…

Ajuntamento

ajuntament'

Grupo de pessoas; reunião.

Ex: Mái qu’ajuntamento é aquele p’r’além, Senhor?!... Sará algum desastre?...

Ajuntar

ajuntar

Relacionar; raciocinar; compreender; ver; deslindar; alcançar.

Ex: Inda nã tinha alcançado, mas agora é qu’ê ‘tô a ajuntar as coisas...

Ajuntar-se

ajuntar-s'

Iniciar vivência marital, sem casar; amigar-se.

Ex: Cuidava qu’o Carriço e a ‘Zabel já se tinham ajuntado, más p’lo jêto inda não. Já nâ era sem tempo, andam aí sempre os dôs no coçairo...

Ala

ala

Labareda; chama.

Ex: Cudado qu’o cravão ‘tá em ala e quema o pêxe todo.

Alabaritado

âlâbâritád'

Aperaltado; adornado em excesso; muito arranjado.

Ex: Estes môços d’agora andam tã alabaritados qu’até dá pena...

Alagar

âlâgar

Lagar de azeite; adoçar os tramôços e as zêtonas pondo-os em água corrente durante cerca de uma semana a fim de perderem o sabor amargo.

Ex: Ó prim’ Zé, sabe s’o alagar trabalha este ano? – Béque-me não. Diz qu’há pôca zêtona. | Pus além uma saca de tramôços a alagar no tâinque grande já há uns belos dias, hã’de ‘tar já bons.

Alancar

alancar

Carregar às costa; aguentar; pagar; gramar; amòchar.

Ex: Nã ramoques que tens qu’alancar com o mólho de ferrêjo até à arramada...

Alar

alar

Atear o fogo fazendo chamas.

Ex: Ó T’reza, vê lá se alas aí o fogo qu’ele ‘tá quái apagado.

Alarve

alarv'

Bruto; parvo.

Ex: Grande alarve, só sabes fazer travessuras!...

Alarvidade ou alarvêrice

alarvidad' ou âlârvêríç'

Parvoíce; parvidade; parvoêra; patochada; patacoada; brut'lidade; bruteza; risca o três que ganhaste.

Ex: Já sabeste da alarvêrice qu’aquela gazeada fez? Atã nã anda aí com um amigo por toda a banda!...

Albarda

albarda

Apetrecho do tipo de uma cela, de maiores dimensões, cheio de palha, usado no lombo das bestas para permitir acomodar cargas e o próprio "cavaleiro"; aparelho.

Ex: Q’ondo aparelhares o macho, pranta-lhe a albarda nova e aperta-lhe bem a cilha.

Albarda (sem) sem albarda

Em pelo; em osso.

Ex: Munto gost' ê cá d' andar a caval' sem albarda... Oh, filh', iss' és tu qu' és novo. Agor' ê cá, se m' amontass' em osso, caía logo.

Albardar

albârdár

Colocar a albarda na besta; aparelhar.

Ex: Inda demoras munto, Tóino? – ‘Tô quái d’abalada. Só me falta albardar o burro.

Albarrã (cebola d’) (urginea maritima)

çâbôla d'albarrã

Espécie de cebola silvestre venenosa.

Ex: Cudado com a cebola d’albarrã qu’é munto venenosa. Tens que lavar bem as mãs antes mexer em q’alquer coisa.

Albernoz

alb'rrnóz

Casacão; albornoz.

Ex: Com um frio destes, se nã fosse aqui o mê albernoz, até batia o quêxo...

Albricoque

albricoq'

Alperce; damasco.

Ex: Estes albricoques são melhores que margotõs crismines.

Alcagóita (Arachis hypogaea)

alcâgóita

Amendoim; ervelhana.

Ex: Melhores alcagóitas qu’as do Zé Luís nã há!...

Alcançar

alcançar

Compreender; perceber; entender; ver; avistar; descortinar; trazer; levar; buscar; abarcar.

Ex: Explique-me lá isso melhor qu’ê nã ‘tô a alcançar. | Alcança-me lá aí esse cesto qu’este já ‘tá chêo. | No outro tempo isto aqui era só madronhêros, agora, enq’onto a vista alcança, só se vê é calitros...

Alçaprema

alça-prema

Alavanca; barra.

Ex: Sará qu’a gente consegue tirar daqui um baloiso destes?... Só se fores buscar a alçaprema p’ra ‘le meter por baxo.

Alcatrefa ou alcatrefada

alcâtréfa ou alcâtréfáda (como em Josefa)

Grande quantidade; catrefa; catrefada. (Ver catrefada)

Ex: Fui ô balho dos Bombêros, mái atão ‘tava lá uma alcatrefa de malta qu’a gente nem se dava mexido... Nã balhí nada!...

Alclara

alclára

Lacrau; escorpião.

Ex: Uma vez, picou-me uma alclara aqui na mão d’rêta, até vi estrelas... A  minha sorte foi uma mèzinha qu’o Zé do Cór’d’Vale me fez. Mém’assim leví a noite toda à rasca...

Alclara-piadêra

alclára-piadêra

Insecto semelhante a uma carocha preta, que, em defesa própria, alça o rabo ameaçando picar.

Ex: Já alguma vez te picô uma alclara-piadêra? – A mim, não. Ê sê cá s' aquilo picam...

Alcofar

alcufár

Inchar; aumentar de volume ficando oco; opar.

Ex: Encontrí ali um sapo qu’era um desparate... ‘Tava todo alcofado...

Alcovitêro

alcovitêr'

Que não guarda segredo; má-língua.

Ex: Aquelas moças da Corga Alta são umas alcovitêras... Nã podem saber nada...

Aldraba

aldraba

Trinco da porta ou do pestigo; tramela.

Ex: Antes de saíres, nã te esqueças de fechar bem a porta com a aldraba.

Alegre

alegr'

Bêbado; escarado; quentinho; pingado; espingardado; iscado; escorvado; entrado.

Ex: Ó Tóino, nã podes beber um calcezinho dela ficas logo alegre...

Alemoa

al'môa

Alemã.

Ex: Atã e o sê Zé Manel? Tem-se dado bem lá p'ro Algarve? – 'Tá do melhor. Olhe, inda ontontem 'têve aqui com a gente. Vinha com uma estrangêra. Uma alemôa...

Alenterna

âlentérna (como em perna)

Lanterna.

Ex: Vou à Vila comprar uma alenterna nova qu’esta ‘tá toda rota, já nã segura o petrol.

Alevantar

al'vantar

Parar de chover; escampar; descampar; levantar.

Ex: Bom, isto o tempo já ‘tá com cara d’ir alevantar. Vou-me andando, qu’ê tenho pressa.

Alexim

âl'xím

Alcunha; apelido; anexim.

Ex: Nã l’e chames Moitas, qu’ele marafa-se com esse alexim.

Alfabeto

alfabet'

Analfabeto.

Ex: No mê tempo nã s’ia à escola; somos todos uns alfabetos.

Alfáiça

alfáiça

Alface.

Ex: Este ano, despus uma preção d' alfáiças, os bichos comeram-me aquilo tudo. Nem uma que escapô....

Alfarrobar

alfarrubár

Deixar a boca áspera; amarujar.

Ex: Nã gosto nada da fruta m’alfarrobar na boca...

Alfarrobento

alfarrubent'

Áspero; farrobento; amarujento.

Ex: Os diospiros, se nã 't'verem bem maduros, dêxam a boca toda alfarrobenta.

Alfavaca-de-cobra

alfâváca d'cobra

Parietária, planta medicinal.

Ex: O que que tens que 'tás aí tã incolhida?... – Cala-te aí... tenho aqui umas dores na bexiga... – Ó m'lher, faz um chàzinha d' alfavaca-de-cobra qu' aquilo é bom... .

Alferce

alferç'

Utensílio do tipo da enxada, mas mais estreito, para alquèvar ou tratar terrenos relativamente duros.

Ex: Aquela chapada só se dá alquèvado com um alferce.

Alforge

alfôrj'

Saco duplo feito de roupa utilizado sobre a albarda do burro para transportar utensílios pessoais e outros.

Ex: Nã te qu’esqueças de prantar o alforge em cimba do aparelho do burro.

Alforges

alfôrj'

Testículos; vergalhêra; partes; partes baxas.

Ex: Levas um pontapé nos alforges qu’até vês estrelas!... Despôs nã te quêxes...

Algarve

algarv'

Baixo Algarve; Algarve litoral.

Ex: O qu’é qu’é fêto do Manel  Jôquim, qu’há tanto tempo nâ o vejo?... – Há mái de sês meses qu’ele foi morar lá p’ra p’ô Algarve. – P’rá donde? – Béque-me ‘tá lá p’a Portimão. – Isto agora vai tudo p’a Vila Nova, já ninguém quer trabalhar...

Algarvio

algrâví

Habitante do Baixo Algarve.

Ex: Passou aí um algarvio a vender barbigão. Se qu’seres vai ali ôs Gralhos qu’ele ‘inda há-de ‘tar p’r’ali.

Algebêra

alj'bêra

Bolso; algibeira; alsebêra.

Ex: Vê lá se fazes alguma coisa, tira as mãs das algebêras...

Alguidar

alguidar

Utensílio de barro com o formato de prato, mais fundo e maior, utilizado na cozinha com diversos fins, como amassar a farinha e lavar a loiça; pelegana.

Ex: Vocês as duas agora vão picar a carne das morcelas p’ra dentro deste alguidar.

Alguma vez?!...

álg'ma vez?!...

Impossível!...; nem pensar!...; nunca; que jêto?!; era o que faltava!...; tinha que ver...; só-se!...; isso!...; qual o quém!

Ex: Des qu’o Sabastião comprou uma b’cicleta à motor nova, sará verdade? – Alguma vez?!... Atã ele nã gasta um destão em nada... Nem um calço paga a um amigo...

Alimar

alimar

Preparar peixe cozido (geralmente carapau, sardinha ou cavala salgados antecipadamente) retirando-lhe a pele, barbatanas e, por vezes, a cabeça.

Ex: Dêxa-me lá ir alimar uns charrinhos p’r’ô almoço, qu’o mê home ‘tá quái a chegar.

Alimária

alimária

Animal.

Ex: Toca-me essa alimária que já vamos atrasados.

Alimpar

alimpar

Diz-se quando a seara na Primavera é batida pelo vento que espalha pelo ar o pólen das espigas; retirar as impurezas do cereal, aventojando-o; expelir os restos da placenta após o parto; cortar as pernadas inúteis ou parasitárias das árvores; podar; limpar.

Ex: Esta araja calha méme bem p’a alimpar o trigo. | Q’ontos bezerros teve a vaca? Um ó dôs? – Teve um. Inda ‘tá a alimpar. | O qu’é que vás fazer hoje, Manel? – Vou-me alimpar aquelas ol’vêras lá do Sarrado. Aquilo têm p’a lá uma preção de lenha que tem de ser tirada.

Aliviar-se

âl'viár-se

Urinar; verter águas; escorrer a água ô presunto; fazer as necessidades.

Ex: Vã andando, qu' ê tenho que m'ir ali al'viar, já os apanho más adiante. – Calha bem, qu' ê tamém preciso.

Alizares

alizar's

Partes laterais da grade das portas e janelas; ombrêras.

Ex: A obra tem andado bem. Amanhã de manhã começamos a assentar os alizares.

Alma do diabo

alma do diab'

Pateta; palerma; valdevinos; aventêsma.

Ex: Aquela alma do diabo nã passa daquela desgraça. Q’onto más a gente ‘le diz, menos ele sabe...

Almareado

almariad'

Enjoado; tonto; confuso; ensarampantado; enzamboado; àguado.

Ex: Nã sê o que c’mi que me fez mal. Até ‘tô almareado. | Passí ali p’la casa do primo Vergil, bebi uns porretes dela, fequí almariado.

Almarear

almarear

Enjoar; entontecer; não prosar.

Ex: Nã posso andar na carrêra qu’almarêo.

Almarêo

almarêo

Tontura; vertigem; enjôo; inzamboamento; enzamboamento.

Ex: Ê cá nã proso andar de camineta. Q'ondo vou na estrada de sabóia é certo e sabido que me dá um almarêo que cudo de vomitar as tripas...

Almêxár

almêxár

Almanxar; estendal de maçarocas de milho a secar ao sol.

Ex: Este ano tenho ali um almêxár de milho qu’é uma coisa de se ver... Carreguí p’a lá trinta e tal canastras.

Almocreve

alm'crev'

Condutor de animal de carga (burro, mula ou macho).

Ex: Agora já é má de s’encontrar um almocreve. Carregam tudo em caminetas e trectores.

Almofadão

alm'fâdão

Travesseiro grande.

Ex: Ó T’reza, ond’é que mandaste fazer aquele almofadão que tens na cama? – Foi a Bia Estrelinha que m’o deu o ano passado.

Alomear

alumear

Nomear; chamar; dizer o nome de alguém.

Ex: Conta-se o milagre mas nã s’alomia o Santo... | Ó Tóino, olha qu’é fêo alomear o nome...

Alprecatas

alpregatas

Sandálias.

Ex: Com este calor anda-se bem é d’alpercatas.

Alquêre

alquêr'

Medida cúbica de vinte litros, feita em madeira, utilizada para medir cereais.

Ex: Tenho ali uns três alquêres de fêjão catarino p’ra vender.

Alqueve

alquev'

Lavoira para semear cereais (trigo, aveia, cevada ou centeio) geralmente feita à mão com o uso de alferce em terreno bravio e acidentado (encosta do serro).

Ex: O parente Chico anda a fazer alquève na chapada do lado da adega.

Alsebêra

alz'bêra

Bolso; algibeira; algebêra.

Ex: Há-des-me cozer a alsebêra das calças, que ‘tá rota.

Alto cagulo (em)

em alt' câgúl'

Muito cheio, acima do nível da rasoira; acagulado.

Ex: Aqui é tudo medido em alto cagulo. Nem tã pouco é preciso rasoira...

Altos

alt's

Primeiro andar; piso superior; parte superior.

Ex: Quem é que mora agora ali nos altos daquela casa? – Béque-me vieram p' ali uns de fora. Nã sê quem são.

Altrafices

altrafiç'ss

Conjunto de utensílios necessárioa para executar uma tarefa.

Ex: Maria, des que queres cozer amanhã, já tens aí os altrafices? – Olha, fazias-me um belo jêto se me fosses ali b'scar o tab'lêro, qu' ê dêxí-o no sobrado.

Altura

altura

Cume; outeiro; cimo de um monte; ocasião; pontal; pontalinho; pontada; portela; cabeço; vertente.

Ex: Além vão eles já a estrapôr p’a trás da altura.

Aluada

aluada

Em período de cio; com o cio; menstruada; de maré; ruim; com o janêro; ressaída.

Ex: Tenho p' ali uma porca aluada, nã sê se vá com ela ô barrasco, se me dêxe disso... – Olha, tu é que sabes. Mái se fosse ê cá, ia.

Aluguel

aluguel (como em Manuel)

Aluguer.

Ex: Atã este ano vás-t' imbora daqui?...– Vô-me. T'mí além uma fazenda d' aluguel...

Alumiar

alumiar

Iluminar.

Ex: Alumia-me lá aqui com a alenterna que nã dou visto nada.

Alvêtár

alvêtár

Ferrador de bestas; curandeiro.

Ex: ‘Tás a precisar de levar a besta ô alvêtár qu’ela já perdeu uma ferradura de trás. | Há um alvêtár em Monchique que sabe uma mèzinha boa p’rá picada d’alclara.

Alvoredo

alvuréd'

Floresta; árvores; arvoredo.

Ex: Ôvi na tel'fonia qu' hoje é dia do alvoredo em tôd' ô lado. – Atã, tem-se que despôr p' aí uma arv'esinha.

Alvriado

alvriad'

Aéreo; precipitado; desconcentrado; leviano; irresponsável; alvoriado; bala.

Ex: Este moço pequeno nã passa dum alvriado! Agora perdeu o cordão da bota...

Alvriamento

alvriâmént'

Desequilíbrio; precipitação; confusão; gavierra; veneta; géno; ravasca; derrepente; ganas; rabeada; sezão.

Ex. Com o alvriamento d’abalar p’à fêra esqueci-me de dar decomer às galinhas...

Amadurar

amadurar

Amadurecer.

Ex: Q’ondo os margutõs amadurarem, logo vens  buscar um cestinho deles.

Amajular ou amajolar

amajular

Cair; tombar; ficar de cócoras; ajôjar.

Ex: Ó Zé, ajuda lá aqui qu’o burro amajulou com a carga e ê nã dou conta disto sòzinho!...

Amalhar-se

amalhar-s'

Recolher ao local de dormida; deitar-se; abrigar-se; amalhòfar-se; aconchegar-se.

Ex: Nã espantes as galinhas qu’elas ‘tão-se a qu’rer amalhar. | Vou-me amalhar qu’amanhã tenho que m’alevantar cedo.

Amalhòfado

amalhòfad'

Escondido; amalhado; acaçapado; acachapado; atafulhado; amalhòfado; encafuado; incafuado; ensovacado; insovacado; assovacado; acuado; acoitado.

Ex: ‘Tás aí todo amalhòfado, pensas qu’ê nã te vejo?...

Amalhòfar-se

amalhòfar-s'

Amalhar-se; aconchegar-se.

Ex: Nã te ‘tejas já p’r’aí a amalhòfar, qu’ainda tens d’ir dar decomer ô gado...

Amanhado (estar bem)

'tar bem amanhad'

Estar em dificuldade; estar metido em problemas; estar metido em apuros; enrascado; encalacrado; empachado; em traquetes.

Ex: Ontem nam foste à escola, ‘tás bem amanhado com a professora...

Amanhar

amanhar

Ajeitar; preparar; reparar; afêçoar; compor; atamancar; aconchegar; acomodar.

Ex: Dêxa-m’ir embora qu’inda tenho qu’ir amanhar o jantar do mê Zé. | Tenho qu’amanhar o cabo desta enxada antes qu’ele se parta.

Amanhar-se

amanhar-s'

Desembaraçar-se; desenrascar-se; sair-se de apuros.

Ex: Com tantos filhos, com’é qu’aquela mulher dá conta do recado?... – Ela lá s’amanha...

Amansar

amansar

Extrair a cortiça virgem dum sobreiro; enxertar.

Ex: Este ano, q’ondo tirar a cortiça, tenho d’amansar aí uns q’ontos sobrêros.

Amargós

amargós

Sabor amargo; gastura.

Ex: Tenho cá um amargós na boca que nã dou comido... Isto, calhando, foi dumas zêtonas qu’ê comi ontem.

Amargôso

amargôs'

Amargo.

Ex: Os tramôços inda ‘stão muito amargôsos, dêx’ôs ficar más uns dias a adoçar.

Amarinhar

amâr'nhar

Trepar; ingraminhar; engraminhar.

Ex: Nã há como o mê Zé p’ra amarinhar aí às sobrêras acima... Ontordia, foi até ô biquinho daquela tirar um ninho de pardal.

Amarroar

amarroar

Empatar-se; demorar; retardar; engònhar; enrolar.

Ex: Mái atão o mê Antóino amarruô além p’ôs cantêros nunca mái vem almoçar... | Samií um fêjão além em baxo, tem levado amarroado, nunca mái cresce; sará do formigo?...

Amarujar

amarujar

Deixar a boca áspera; alfarrobar.

Ex: Ê cá gosto de diospiros, más’é uma fruta qu’amaruja tanto...

Amarujento

amarujent'

Áspero; alfarrobento; farrobento.

Ex: Mái que coisa tã amarujenta... Nã na dou comido...

Amassadura

amassadura

Acto de amassar a farinha para fazer pão; cozedura de pão.

Ex: Mái que coisa tã amarujenta... Nã na dou comido...

Amassarocado

amassarucad'

Pão ou bolo mal cozido devido ao forno estar pouco quente ou à massa não ter levedado o suficiente; ataloado.

Ex: Este pão béque-me f’cou tam amassarocado. Se calhar, o forno nã aqueceu bem.

Amêjongra

amêjóngra

Caldeirinha; mejengra; chapim (pequeno pássaro).

Ex: Encontrí um ninho d’ amêjongra além naquela toca. Já anda a chocar.

Amenção

âmenção

Gesto; simulação; comparação; menção.

Ex: Inda bem ê cá nã fazia menção de m' amontar, já o raio do burro 'tava a andar...

Àmetade

àmetad'

Metade.

Ex: Já viu aquele que ganhô p'a lá uma remessa de milhõs de contos na lotaria?... - É verdade. Uns com tanto e ôtres com tã pôco... - Ê cá, com uma àmetade, já m' acontentava...

Amèzinhar

âmèz'nhár

Fazer um tratamento caseiro; fazer uma mèzinha; tratar-se.

Ex: Ó Antóino, diz-me lá como ê cá amèzinho estas friêras? Tenho os dedos que nã os aguento com com'chão. – Olhe, o melhor qu'há p'ra isso é os pòzinhos de Maio...  – Ah, mariola, 'inda 'tás a fazer cachamôrra de mim?!...

Amigar-se

amigár-s'

Amancebar-se; viver maritalmente, sem casar; ajuntar-se.

Ex: Aqueles dois além já s’ amigaram há q’ontos anos, mom?...

Amigo(a)

amig'(a)

Amante.

Ex: Ò Bia, ontordia, d’sseram-me qu’o Tóino Zé é amigo da Rosa, mas ê cá nã acrediti; sará verdade?... Que grande pouca vergonha!...

Amòchar

amòchar

Acalmar; dobrar-se; ceder; reconhecer; dar o braço a torcer; vergar; aguentar; gramar; alancar; dar orelha.

Ex: Olha lá, andas munto ruaz mas tens qu’amòchar ó levas na fuiça!...

Amòino

amòin'

Adubo; força.

Ex: Este ano comprí cinco sacos d' amóino. Quero samear umas belas batatinhas.

Amolgar

amòlgár

Amachucar.

Ex: O tacho d’arame ‘tá todo amolgado; tenho qu’o levar ô latoêro a ver s’ele o endrêta.

Amolgar-se

amòlgár-s'

Encolher-se.

Ex: O estapor quis-se armar em esperto, más ê cá fiz-me p'ra ele, encolhé-se logo....

Amontadoiro

amontadoir'

Montadouro; local elevado onde se encosta a besta para nos montarmos; postoiro.

Ex: Encosta lá aqui o burro aqui ô amontadoiro qu'é p'ra ê m'amontar. Mái segura-'le bem na arriata nã vá ele andar antes d'ê 'tar bem amontada...

Amor em graça (d’)

d'amor'em graça

Desinteressadamente; gratuitamente.

Ex. Pensas qu’ela te deu isso dámor em graça?... Inda te vai sair caro.

Amòrado

amòrad'

Adoentado; febril; desfalecido; esmorecido; desanimado; triste; abatido; calado; desmorcido.

Ex: Este môço pequeno tem ‘tado amòrado toda a tarde... tenho que l’e fazer uma mèzinha a ver s’ele melhora, senã amanhã nã pode ir à missa.

Amornar

amurrnar

Amornecer; atibar.

Ex: Maria, amorna-me lá aí o lête, qu’ê tenho qu’ir trabalhar.

Amoroso

amurôs'

Diz-se do tempo, à tarde e à noite, quando a temperatura é amena e não faz vento.

Ex: ‘Tá uma noite tam amorosa que só apetece ‘tar sentado aqui na rua…

Amostra (fazer a)

fazer'àmostra

Brincadeira geralmente mal aceite pela “vítima” que consistia em pôr a grila dum jovem a descoberto para que todos a vissem e troçassem dele; era feito habitualmente por um grupo de rapazes mais fortes, que, debaixo de grande algazarra, o seguravam à força,  desabotovam as calças e todos faziam o gesto de lhe cuspir para o dito órgão.

Ex: Ontem f’zeram a amostra ô Tóino Mongariça além ma rua da venda. Foi um pagode que nem emaginas…

Ampôla

ampôla

Bolha; borrefa; empôla.

Ex: Que g’ande ampôla que tenho aqui neste quarto!... Dí um bate-cu ali nas calêras do cantêro da f’guêra, f’qui nesta desgraça !...

Ancas (dar)

dar'ancas

Dar confiança; facilitar; permitir.

Ex: Nã se pode dar ancas a famila daquela qu’abusam logo...

Anda cá aqui!

anda cá aqui!

Vem cá!; chega aqui!

Ex: Ó Manel, anda cá aqui depressa ver que bicho é este!... Sará uma alclara?

Anda chó!...

anda chó!...

Anda burro!...; arre chó!...

Ex: Anda chó!... O raio do burro nã anda nada!... Lévô lá aí d’arreata a ver s’a gente se despacha...

Andaço

andaç'

Epidemia; morrinha.

Ex: Tem andado aí um andaço nos coelhos que nã ‘scapa nenhum!...

Andar à cata

andar'à cata

Procurar; andar à pregunta.

Ex: Temos qu’andar à cata destes bichos, senã eles comem as couves todas.

Andar à pregunta ou à prècura

andar'à pr'gunta (ou prègunta) ou à prècura

Procurar; andar à cata.

Ex: O qu’é qu’eles andam além a fazer? – Calhando, andam à pregunta dalguma coisa.

Andar a vender aguardente

andar'a vender àguàrdent'

Desfraldado; andar com a camisa de fora; desbragachado.

Ex: Olha-me só p'a essa figura qu'andas a fazer... Parécequ'andas a vender aguardente, homem...

Andar aos meses

andar'ôs mêsj

Viver por conta de familiares, por velhice ou incapacidade, permanecendo um mês em casa de cada um deles em regime de rotatividade.

Ex: Sube ontesdontem qu’o Ti Zé já andava ôs meses na casa dos filhos. Quem havera de d’zer q’um homenzarrão daqueles chegava  a andar às tensas dos outros...

Andar aos quatro

andar'ôs quatro

Galopar.

Ex: Nã batas no burro qu’ele começa a andar ôs quatro e inda me põe a carga ô chão...

Andar arrastado

andar arrastad'

Viver com dificuldades; ter uma vida difícil; levar uma vida arrastada.

Ex: Aquele pobrezinho anda aí arrastado, até dá dó. Ninguém o auxelêa.

Andar com o Janêro

andar cô o Janêr'

Andar com o cio; estar menstruada; andar de maré; estar ruim; ressair; nã estar capaz.

Ex: Esta noite nã dí dormido nada!... – Atã perquém? – Os gatos andam p’aí com o janêro, era uma miada qu’a casa até tremia...

Andar de maré

andar d'maré

Andar com o cio; estar mentruada; estar ruim; andar com o janêro; ressair; nã estar capaz.

Ex: Q’ondo esta porca andar de maré tenho qu’a levar ao varrasco.

Andar de raboleta

andar d'rrâb'léta

Andar aos tombos; rebolar-se; cair; bater a apèraja; afocinhar; espaldêrar-se; espatarrar-se.

Ex: Já andaste de raboleta?... Vocês nã param um ‘stante, é o resultado que dá...

Andar de zambareta

andar d' zambareta

Rebolar; desequilibrar-se.

Ex: Cudado, que se dás aí um escorregão, andas de zambareta à ladêra abaxo...

Andar na boavaiela

andar na boavàiéla

Vadiar; divertir-se; andar na brincadeira; charolar; andar na geraldina; andar na charola; andar na ratôiça; andar no laré; espáircer.

Ex: Ond'é que 'tá o Antóino? – Sê cá?!... Anda p'aí na boavaiela... Com o serviço aqui todo pre fazer...

Andar na charola

andar na charola

Vadiar; divertir-se; andar na brincadeira; charolar; andar na geraldina; andar na boavaiela; andar na ratôiça; andar no laré; espáircer.

Ex: Mái atão o qu'é que fazes aqui na venda a umas horas destas?... – Hoje tirí p'a andar na charola, nã fui trabalhar...

Andar na geraldina

andar na geraldina

Vadiar; divertir-se; andar na brincadeira; charolar; andar na charola; andar na boavaiela; andar na ratôiça; andar no laré; espáircer.

Ex: Aquele môço nã faz ôtra coisa senã andar na geraldina todes dias... Ele que me venha cá pedir d'nhêro p'a tabaco qu'ê logo 'le dô...

Andar na masmorra

andar na masmôrra

Preguiçar; fazer algo lentamente; não desenvolver serviço; estar na masmorra; malandriar.

Ex: Ò Chico, vê lá se t’avias qu’a gente nã pode andar nesta masmorra. ‘Inda temos qu’ir à lenha despôs disto...

Andar na ratôiça

andar na ratôiça

Vadiar; divertir-se; andar na brincadeira; charolar; andar na geraldina; andar na charola; andar na boavaiela; andar no laré; espáircer.

Ex: Enq'onto era novo, andou na ratôiça em vez de pôpar, agora nã tem onde s'acolher...

Andar no laré

andar no laré

Vadiar; divertir-se; andar na brincadeira; charolar; andar na geraldina; andar na charola; andar na boavaiela; andar na ratoiça; espáircer.

Ex: Inda nã te cansaste d'andar no laré? Já tens bem idade p'a ganhares pr'a ti e nã 'tares semp'às tenças dos ôtros...

Andar ôs lóres

andar ôs lór's

Cambalear; deslocar-se aos zigue-zagues; ganguear.

Ex: O Junça já panhou outra pelhêga. Anda além ôs lóres, nã vês?...

Anel

anel

Arganel; arame aplicado no focinho dos porcos para os impedir de afossar.

Ex: Ond’é que vás, tóino? – Vou-me pôr um anel no pórque, a ver s’ele dêxa d’afossar o chão do curral.

Anexim

ân'xím

Alcunha; apelido; alexim.

Ex: O anexim do Zé Manel é Refóias por causa qu’os avózes dele eram de lá.

Ano Bom

an-n' bom

Primeiro de Janeiro.

Ex: Olha qu' os dias já creceram um coisinho... – Do Natal ô Ano Bom vai um passo dum boi bom...

Ansiedade

ansiêdád'

Indisposição; vontade de vomitar; âinsas; gastura.

Ex: Nã posso baxar a cabeça fico logo tonta; até sinto ansiedade!...

Antesdontem

ant'sdóntem

Anteontem; ontesdontem.

Ex: O tempo vai munto quente. Até o tãinque da pedra de zorra já ajunta menes água. Já antesdontem, q'ondo fui regar, notí isso. Dé-me p'a uma quadra a menes qu'o c'stume.

Antrado

antrad'

Bêbado; escarado; alegre; quentinho; pingado; espingardado; iscado; com uma bagadinha; relaxado; escorvado; entrado.

Ex: O Jôquim já 'tá um coisinho antrado.... Q'ondo ele se põe a rir assim tanto, é sinal dum c'pinho... – Vê-se logo... – Alguma vez?!... Nem l'e toquí...

Antrar

antrar

Entrar.

Ex: Zé, nã viste por 'í o Tóino Chico? – Inda agora, o vi antrar além na venda com o moço dele. – Dêxa-me ir àlém que tenho precisão de falar com ele...

Antrar com

antrar com

Gozar; brincar; lograr; enganar; troçar; fazer pôco; fazer cachamôrra; judiar; arremedar; mangar; fazer arrenegas; caçoar; abusar; fazer porra; pôr-se com coisas; meter-se com; enganifar; entrar com.

Ex: Nã 'tejas a querer antrar com-migo qu' ê vejo munto bem que 'tás a gozar…

Anunciar

anunciar

Anunciar o casamento, pelo Padre, na missa dominical; utilizado também quando se perdia qualquer coisa e se pedia ao Padre para, na missa, avisar todos desse facto; apregoar; pôr a banhos; pôr à estação.

Ex: Perdi o mê relógio de pulso, nã serviu de nada mandá-lo anunciar na missa de Domingo passado que ninguém s’acusou.

Ao bem fêto

ô bem fêt'

Muito; muito bem; depressa; deveras; a sério; com dificuldade; com muito esforço;

Ex: Abalando só agora, p'a chigarmos a horas, temos qu' andar ô bem fêto.

Ao consoante

ô consuant'

Com oportunidade; à letra; em conformidade.

Ex: Já tens vinte anos, mái, enq'onto 't'veres aqui à minha conta, nã fumas. – Ai, o pai pode fumar e ê cá nã posso?!... – Agora respondé-te ô consoante...

Ao dés dará

ôdés dará

Abandonado; desorientado; ao calhas; aleatoriamente; de qualquer maneira; ô Dés dará.

Ex: O qu’é qu’é fêto do Tóino Jôquim qu’há meses que nã o vejo? – Sê cá! Anda p’aí ao Dés dará...

Aos quatro

ôs quatro

A galope; ôs quatro.

Ex: È pá! Este burro é uma classe!... Ponho-o a andar ôs quatro, parece um cavalo...

Apanhadiço

apâ-nhâdiç'

Ilegítimo; mestiço; bastardo; atravessadiço; traçado; arraçado.

Ex: O filho da T’resa Rasmono é apanhadiço. Nam sabes qu’ela fez a parte ô Chico?...

Apanhar

apanhar

Ouvir; perceber; entender; panhar.

Ex: Tem cudado, qu' ela 'tá além, desviada, mái 'tá àpanhar tudo o qu' a gente diz. – Eh... A esta lonjura, ela nã dá ôvido.

Apanhar medo

apanhar med'

Assustar-se; panhar medo.

Ex: Vinha ali munto descançado a andar, saltou-me um cão ô caminho, apanhí cá um medo!...

Aparelhar

aparêlhár

Receber num recipiente; colocar o aparelho na besta; albardar.

Ex: Ê despejo as batatas com a canastra e tu aparelhas com a saca. A ver s’a gente nâ as dêxa cair p’rô chão... |‘Péra aí, qu’ê tenho qu’aparelhar o burro antes d’abalar...

Aparelho

aparêlh'

Albarda e conjunto de arreios para a besta.

Ex: Tenho que comprar um aparelho novo p’ô macho qu’este já nã tem concerto. ‘Tá todo puído...

Aparrado

aparrad'

Justo ao corpo; apertado; encostado.

Ex: Olha p’àquelas nalgas, com as calças todas aparradinhas!... | Aqueles têm levado a noite toda a balhar todos aparrados um ô outro qué uma vergonha!...

Apartadoiro

apârtâdôir'

Bifurcação de caminhos em que deixamos o principal e seguimos pelo que vai para o nosso destino.

Ex: Olhe, primo Zé, com esta conversa já chegamos ô apartadoiro p’à minha casa. Atão, até qu’a gente se veja.

Aparvetado

âpârv'tad'

Doido; maluco; aparvalhado; chalado; gaseado; esgròviado; emparvatado; imparvetado; emparvoado; imparvoado.

Ex: Além o Manel da Córga nã alcança nada do que a gente l’e diz. É mê’ aparvetado.

Apegadiço

âp'gâdiç'

Contagioso; peganhento.

Ex: O mê avó anda com uma catarrêra q’até dá aflição. Aquilo sará apegadiço?...

Apelido

âp'lid'

Alcunha; anexim; alexim.

Ex: Agora chamam-l’o canastra. Que belo apelido que l’haveram d’arranjar!...

Apequentação

ap'quentação

Aborrecimento; irritação; zanga; ravasca; ganas; rabeada; sezão; daneza.

Ex: Panhí agora ali uma apequentação!... Punhana! já ninguém respêta...

Apequentar

ap'quentar

Aborrecer; chatear; enervar; zangar; brigar; caquear; caquenhar; rançar; repisar; rentar; ramocar; impertenecer; judiar; zucrinar; besoirar; embicar; catarruar; matinar; atazanoar.

Ex: Ó filho, nã m’apequentes qu’ê nã tenho dinhêro nenhum p’a gastar nessas coisas!...

Apèraja

àpèrája

Aparelhagem; conjunto de utensílios para uma junta de vacas.

Ex: Nã sê p’a qu’é que queres essa apèraja se já vendeste a junta de vacas.

Apèraja (bater)

bater'àpèrája

Cair; andar de raboleta; afocinhar.

Ex: Passo-te uma rastêra, bates aí a apèraja em menos de nada...

Apòjinha

âpòjínha

Fase da mamada em que a cria obtém o máximo de leite.

Ex. Aqueles bacorinhos são do melhor p’a mamar. Olha, ‘tão agora na apòjinha...

Apoleado

apuliad'

Maçado; magoado; pisado; dorido.

Ex. O qu' é que tens, Tóino, que vás aí, béque-me, todo derrengado?... – Olha, andí a panhar madronho, o terreno era munto imbargoso, 'tô aqui todo apoleado...

Apolgadela

apòlgadela

Apalpadela.

Ex: Com tanta apolgadela, nã tarda nada os figos ‘tão todos maduros!...

Apolgão

apòlgão

Apalpão.

Ex: Ó mãe! O Zé dé-me un apolgão no cu! Ai que dores!...

Apolgar

apòlgar

Apalpar.

Ex: A apolgares os figos dessa manêra, amaduram em menos de nada…

Apontador

apontador

Solista da jolda; cantava os versos a solo para serem repetidos em uníssono por todos os elementos do grupo.

Ex: Que belo apontador qu’aquela jolda tem!... É que canta mé’me bem!...

Apontar

apontar

Espetar a ponta; aparecer; surgir; assomar.

Ex: Aponta bem a cunha, senã, à pr'mêra marranada, ela salta logo.

Apôpar

apôpar

Poupar.

Ex: Moço marafado!... Gasta tudo. É que nã apôpa nada...

Aprecatar-se

apr'catar-se

Precaver-se; tomar cuidado; acautelar-se; tomar conta; ter conta; pôr-se a fancos.

Ex: Tenho que m’aprecatar com os môços da Portela qu’eles vão-m’ali ôs margotôs, roubam-m’aquilo tudo...

Apregoar

apr'guár

Anunciar o casamento, pelo Padre, na missa dominical; utilizado também quando se perdia qualquer coisa e se pedia ao Padre para, na missa, avisar todos desse facto; anunciar; pôr a banhos; pôr à estação.

Ex: Hoje o Sr. Prior apregoou o casamento da prima T’resa com o Zé João. | Perdi o mê relógio de pulso, nã serviu de nada mandá-lo apregoar na missa de Domingo passado que ninguém s’acusou.

Apultana

âpultana

Apolitana; conjunto das três cartas mais fortes - ás, duque e terno - no jogo dos três-setes, que, sendo declarado pelo seu detentor, antes de jogar a primeira carta, vale três pontos.

Ex: Parcêro, risque mái três!... Tenho aqui a apultana de paus. – Ah, mê belo parcêrinho, assim ê qu' ê gosto do ôvir falar...

Apròchegar-se

âpròch'gár-s'

Aproximar-se; chegar-se; aconchegar-se.

Ex: Tens aqui um canito novo. Quem t' o deu? – Nã t' aprochegues munto qu' ele nã é de confiança.

Aqui caio, além me alevanto

aqui cai', àlém m'alevant'

Cabalear; ir aos trambolhões; ir em desequilíbrio; ganguear.

Ex: Atã e o Jôquim? – Abalô daqui já com uns copinhos, ia aí prê abaxo, aqui caio, além m'alevanto, nã sê mái nada.

Ar (ô)

ô ar

Destapado.

Ex: Nã dêxes o pêxe aí ô ar qu' as moscas apoisam log' aí... – Ê já o vô tapar.

Arcado

àrcád'

Com as pernas tortas em arco.

Ex: Coitadinho do mecinho do Tóino... Tem as pernas tã arcadas!...

Arco Celeste

arc'çlést'

Arco-íris; arco da velha.

Ex: Des que s’a gente dar chegado ô ponto adonde o arco celeste toca no chão, ‘tá lá uma panela chêa d’oiro enterrada.

Arco da Velha

arc'da velha

Arco-íris; arco celeste.

Ex: Des que s’a gente dar chegado ô ponto adonde o arco celeste toca no chão, ‘tá lá uma panela chêa d’oiro enterrada.

Arear

ariar

Limpar as panelas e tachos com areia ou palha d'aço.

Ex: Bom, dêxa-me lá ir qu’ê tenho os tachos e panelas todos p’ra arear... Isto uma mortepórque dá munto que fazer...

Arejar

ar'jar

Infectar; inflamar; agravar; isiparar.

Ex: Fiz uma ferida neste dedo, agora arejou-me, tenho umas dores que nã aguento!...

Ares (dar)

dar'ar's

Parecer-se com alguém.

Ex: Mái atão a quem é qu’o moço pequeno dá ares? – Atã nã vês qu’é tal e qual outro pai?!...

Arganel

argâ-nél

Mola metálica, presa a uma corda ou corrente, que se coloca nas narinas do gado vacum bravo para o dominar.

Ex: Se nã fosse o arganel no focinho, quem é que dava conta deste bicho, mom?!...

Ariento

arient'

Arenoso.

Ex: Nã me digas qu’esta terrinha, assim arienta como ela é, nã é uma categoria p’a trabalhar!...

Arjamolho

àrjâmôlh'

Prato refrescante usado no Verão, composto de sopas de pão duro em água fresca, azeite, alho, vinagre, sal, orégãos e um pouco de tomate e pimento.

Ex: Nã sê o que vá fazer d’almoço... Com um calma destas, o que me sabia bem era um arjamolho.

Armação

armação

Cornos do gado; chifres; chapéu.

Ex: Que grande armação que tem aquele chibato, punhana!... - É preciso conta com ele nã vá ele marrar na gente...

Armar o menino Jesus

àrmar o m'nine jasus

Fazer o presépio.

Ex: Hoje, inq'onto nã armar o Menino Jasus, nã faço mái nada, qu' isto 'tamos quái no Natal....

Armar-se em canelas de chibo

àrmar-s'em canel's d'chib'

Insinuar-se; fazer-se esperto; fazer-se forte; armar-se em esperto.

Ex: ‘Tás aí armado em canelas de chibo, lá pensas que metes medo a alguém...

Arrã

arrã

Rã.

Ex: Ali na pôça da rebêra há uma preção d’arrãs. Soam toda a noite.

Arrabanhar

ârrâbânhár

Açambarcar.

Ex: Inda mal as castanhas 'tavam mê ataloadas, havia logo uns qu' as arrabanhavam quái todas...

Arrabicha

ârrâbícha

Rabiça; parte saliente da traseira da albarda da besta; rabicha.

Ex: Ó mê pai, chegue-se lá aí um coisinho más p’à frente qu’ê já tenho a rabo encostado à arrabicha da albarda.

Arrabolar

ârrâb'lár

Rebolar.

Ex: Aí há uns anos a camineta da carrêra arrabolou no cerro dos Picos, nã sê com’é que nâ morreram todos...

Arraçado

ârrâçád'

Mestiço; sem raça definida; traçado; apanhadiço; atravessadiço.

Ex: É pá, que belo cã de caça que tenho ali!... – De que raça é ele? – Olha, nã sê bem, mái é béque-me arraçado de perdiguêro.

Arracha

ârrácha

Competição em que cada um dos participantes escolhe uma melancia e a abre ao meio com uma faca, ganhando a de cor mais vermelha, sendo as duas pagas pelo perdedor; acha; fragmento de madeira; racha; borneco.

Ex: Vai uma arracha? Quem perder paga as duas!... – Façam, moços, façam, qu’isto são melancias da Charneca, são de boa qualideza!... | Que belas arrachas qu’este cepo vai dar!... Tenho lenha p’a uma preção de tempo...

Arrachar

ârrâchár

Rachar; abrir ao meio; transformar em achas; escarchar.

Ex: Tenho qu’arrachar este madêro antes dele secar, senão nã dou conta dele...

Arradar

ârrâdár

Desviar; afastar; mover; desarradar.

Ex: Arrada lá aí a cadêra p’a ê passar...

Arramada

ârrâ-máda

Casa das vacas ou outros animais domésticos de maior porte; cabana; cavelhariça.

Ex: Ó Chico, leva o gado p’à arramada qu’isto já é quái de nôte.

Arramal

ârrâ-mál

Estrada de terra batida; carrelêra.

Ex: Antigamente era tudo diferente. O arramal p’à Refóias foi fêto à picareta e enxada. Agora, há máquinas p’a tudo!...

Arranjar

arrenjar

Consertar; reparar; compor; engerocar.

Ex: Este lòzêro já pifrô. O melhor é aventujá-lo logo. – Nã o jogues ainda, qu'ê lev' o ô latoêro pode ser qu' ele ainda o arranje.

Arranjar a bonita

arrenjar'a b'nita

Meter-se em sarilhos; fazer asneira.

Ex: Agora é que tu arranjaste a bonita!... Qondo o tê pai saber, logo te dá o arroz!...

Arraspas

arraspas

Parte das papas que fica agarrada ao fundo tacho.

Ex: É pá, já tenho cá umas soidades de comer umas papinhas... O qu’ê gosto más é das arraspas...

Arrastada (levar uma vida)

l'var'uma vid'arrastada

Viver com dificuldades; ter uma vida difícil; andar arrastado.

Ex: Coitada daquela famila, com tantos filhos têm que levar uma vida tã arrastada...

Arrastado (andar)

andar'arrastad'

Viver com dificuldades; ter uma vida difícil; levar uma vida arrastada.

Ex: Aquele pobre triste andou arrastado toda a vida p’rô quem?... Agora morreu, f’cô tudo p’rôs outros...

Arre burro!...

arr' burr'!...

Anda burro!...; anda chó!...; sssch!...

Ex: Arre burro!... Vamos imbora qu’isto é quái de noite.

Arreata

ârriáta

Corda ou correia presa ao cabresto das bestas para as conduzir ou prender.

Ex: Ata-l’e bem a arreata, senã o ‘stapôr do burro ‘inda se vai embora!...

Arreata (ir d’)

ir d'ârriáta

Fazer qualquer coisa contrariado ou sob a influência de alguém; descontravontade; descontrafêto.

Ex: Olha ê fiz aquilo mái fui d’arreata... Custou-me méme, punhefra!... Se fosse agora, ‘tejas certo, que nã fazia!...

Arreata (levar d’)

l'var d'ârriata

Conduzir o animal segurando na ponta da arreata e seguindo na sua frente.

Ex: Ó Zé Antóino, leva lá aí o burro d’arreata, qu’ele nâ sabe o caminho.

Arrebatado

arr'batad'

Apertado; acentuado.

Ex: Des qu' o Manel arrabolô com b'cicleta ali p' à estrada de Sabóia... – Des que foi ali numa curva munto arrebatada.

Arreceber-se

ârr'ceber-s'

Casar.

Ex: O Manel e a Marí Joquina já s’arreceberam. Foi no Domingo.

Arredondar

ârr'dondar

Terminar um serviço; acabar.

Ex: Mái atão qondo é que vocês acabam de cavar o cantêro?... – Esta tarde arredondamos isto, quái de certeza...

Arregaçar

ârr'gâçár

Encolher; subir o vestido, as mangas da camisa ou as pernas das calças.

Ex: Antes de começar a regar, dêxa-me lá arregaçar as calças, senã fico com elas todas molhadas.

Arregaço

ârr'gáço

Pano atado à cintura para onde as mulheres apanhavam os medronhos; regaço.

Ex: Ó T’reza, alcança-me lá aí a saca qu’ê já tenho o arregaço chêo de madronho.

Arreganhar

ârr'gâ-nhar

Franzir; mostrar os dentes.

Ex: Nâ ‘tejas p’r’aí a arreganhar os dentes qu’ê nã te fiz mal nenhum...

Arrèlar

arrèlar

Desistir; desanimar; perder as forças; esmorecer; desmorecer; arriar; negar-se ô puxo.

Ex: Atão, ‘tavas aí com tanta groja, agora já arrèlaste!?...

Arremedar

ârr'm'dar

Imitar; ridicularizar; troçar imitando os gestos da outra pessoa de forma exagerada ou pejorativa; troçar; zombar; fazer cachamorra; judiar; fazer pouco; mangar; fazer arrenegas; caçoar; fazer porra; pôr-se com coisas.

Ex: Ò mãe! O Tóino só me ‘tá a arremedar!... – Ponham-se quetos!...

Arremendar

ârr'mendar

Imitar; ridicularizar; troçar imitando os gestos da outra pessoa de forma exagerada ou pejorativa; troçar; zombar; fazer cachamorra; judiar; fazer pouco; mangar; fazer arrenegas; caçoar; fazer porra; pôr-se com coisas.

Ex: Ó ti Manel, cante lá aí uns versos dos seus!... – Eh'q! Vô-me lá a ver se dô arremendado p' aí alguma coisa...

Arrenca

arrenca

Acto de colher as batatas ou outra colheita arrancada da terra.

Ex: Já f’zeste a tua arrenca de batatas?... – Ê cá não, só lá p’à semana... E tu? – Ê arrenquí antes d’ontem, mái f’qui mal. As empérias ‘inda ‘scaparam, agora as outras era quái tudo batatas de pórco...

Arrencada

arrencada

Improvisar; ajeitar.

Ex: Qu'ria ver se dava aprendido a andar de b'cicleta, mái atão, à pr'mêra arrencada caí logo um porradão...

Arrenegas (fazer)

fazé'ârr'negas (como em Viegas)

Troçar pronunciando repetidamente a palavra arrenegas ou arreneguinhas e esfregando o punho fechado na palma da outra mão, com intenção provocatória; zombar; fazer pouco; judear; arremedar; mangar; fazer cachamorra; caçoar, fazer figas.

Ex: Dêxa de me fazer arrenegas senã vou-me a ti, nã sê o que te faço!...

Arrenjar

arrenjar

Consertar; reparar; compor; engerocar.

Ex: Este lòzêro já pifrô. O melhor é aventujá-lo logo. – Nã o jogues ainda, qu'ê lev' o ô latoêro pode ser qu' ele ainda o arrenje.

Arrepimpar-se

arr'pimpar-s'

Banquetear-se; satisfazer-se; rapimpar-se.

Ex: Fui ô baptizado do môç' pequeno da Mari' Zabel, arr'pimpí-me lá com uns ´bolos qu' eram um consolo... – E quem é que 'tava lá más? Conta-me lá.

Arretrancas

ârr'trancas

Fitas de coiro que seguram a albarda na parte traseira passando pela anca e por baixo da cauda da besta; atafazes.

Ex: Puseste a albarda no burro munto pr'á frente, as arretrancas 'tão-'l'apertar os quartos. Nã vês, já se 'tá aqui a encetar a pele...

Arriar

arriar

Desistir; arrèlar; esmorecer.

Ex: G’ande gabazola que me saíste, atão des que tinhas tanta força e ‘inda mal começamos, já arriaste!...

Arrimar

arrimar

Encostar; apoiar.

Ex: Atã e c'm' é que vai o compad'e Manel? Há tant' ô tempo que nã no vejo... – Ele, de cabeça, inda 'tá bom mái atão e o resto?!... Já só dá andado arrimado a um bordanito...

Arrinfada

arrinfada

Conjunto de várias cartas do mesmo naipe.

Ex: Parcêro, se tem vindo em copas, tinha aqui uma arrinfada delas, era mái que certo que l’e tanchávamos um capote!...

Arrôba

arrôba

Medida de peso correspondente a quinze quilos.

Ex: Compad' Zé, há-de m' arranjar uma arrôba de batatas de semente, dessas de fora que mecêa sameô o ano passado. – Nã sê s' inda tenh' p' aí que chegue, vamos lá ver.

Arrodear

arrudiar

Contornar; andar à volta; fazer um desvio.

Ex: C'm' é qu' ele dé chigado aqui, mom? – Olha, arrodeô aqueles balsedos tôd's, assubiu o v'lado e pronto...

Arrojar

arr'jar

Arrastar; levar de rojo.

Ex: Ond’é que t’andaste a arrojar que tens os fundilhos das calças todos rotos?...

Arroz (dar o)

dar'o arroz

Castigar; fazer pagá-las.

Ex: Ah, mariola! Nã mexas aí. A tu mãe logo te dá o arroz…

Arrulhar

arrulhar

Gritar; chamar alto; bràdar.

Ex. Atã nã houves a tua mãe? Já ‘tá além a arrulhar por ti há uma preção de tempo!...

Arrulho

arrulh'

Grito; chamamento; brado; eco.

Ex. Atã nã houves a tua mãe? Já ‘q'ontos arrulhos ela dé p'r ti!...

Arrumadiça

arr'madiça

Parede com uma face encostada ao talude; encostadiça.

Ex: Esta parede 'tá semp'e b'larenta qu' é uma desgraça... – Arr'madiça c'm' ela é, o qu' é que l'e esperavas...

Arrumado ou arrumadinho

ârr'mád' ou arr'madinh'

Encostado; próximo; perto; rente; à rés.

Ex. Nã viste p'aí o Manel? – Inda agora, 'tava além arrumado à parede da venda. | Ó amigo, sabe-me d'zer adonde fica o cemitério, qu' ê nã sô de cá? – Olhe é méme ali arrumadinho à ingreja. Nã tem nada qu' enganar...

Arrumar

ârr'már

Encostar; apoiar; aplicar; dar; tanchar; atanchar; afincar; ferrar; pregar.

Ex. Antóino, ajuda-me lá aqui a arrumar esta mesa à parede, fazendo favor.

Artelho

artêlho

Tornozelo.

Ex: O Tóino foi ô vinte nove, mái atão nã passou com a água acimba dos artelhos...

Artista

artista

Pessoa que exerce uma profissão que exige destreza manual; mestre.

Ex: O Tóino foi ô vinte nove, mái atão nã passou com a água acimba dos artelhos...

Arve

arv'

Árvore.

Ex: Que arve é essa que vás aí despôr nesse cantêro? – É p’r’aqui um margotêro que me deram. Des qu’é cresmino dos antigos, vamos lá a ver...

Arve-de-fogo

arv'-d'-fôg'

Fogo de artifício preso.

Ex: Q'ondo era moço-pequeno, munto gostava ê cá de ver as arves-de-fogo na festa de S. Antóino à nôte...

Arvela

àrvéla

Alvéola (pequeno pássaro).

Ex: Encontrí um ninho d’arvela ali na r’bêra. – Já tem passarinhos? – Nã, ‘ind’anda a fazer.

Arvoredo

ârvuréd'

Floresta; árvores; alvoredo.

Ex: Ôvi na tel'fonia qu' hoje é dia do arvoredo em tôd' ô lado. – Atã, tem-se que despôr p' aí uma arv'esinha.

Às arrecuas

às arrecuas

De marcha atrás; de àrrecuo.

Ex: Ai, que já me pisaste!... – Tirasses-te da frente... – Vens aí às arrecuas sem olhar p'a trás e inda falas...

As más ou os más

âs más

As outras; quaisquer umas.

Ex: Ó filha, a gente cuda cá na nas nossas coisinhas. Com os más a gente nã s’emporta.

As más das vezes

âs más das vêz's

Muitas vezes; grande parte das vezes; mái das vezes; más das vezes.

Ex: Ê cá vô semp'e na carrêra.As más das vezes nã pago b'lhete qu' o revisaor é mê amigo....

As menos ou os menos

âsmén-n's

A menor parte.

Ex: Despôs dos encêmdios, inda hôve algumas sobrêras que rebentaram. – Mái isso sã as men's...

Às secas

pã às secas

Sem conduto.

Ex: Q'ond' ê era pequena, c'mia-se pã às secas. S' havesse... Que muntas vezes só se tinha p'ali um inhame cozido ó coisa assim... –Naquele tempo é qu' era miséria... Nem me quero alembrar.

Às tantas

às tantas

De madrugada; muito tarde; a certa altura; passado algum tempo; a pásnas tantas.

Ex: A nôte passada cheguí a casa já às tantas e, agora, vô-me pôr já a andar senã acontec'-me o mémo.

Às tenças às tenças À mercê; dependente; à custa; à conta; à gosma. Ex: Mái atão o qu'é que faz além o môçe do parente Zé? – Ê cá nunc'ô vejo fazer nada. Ora, and'ás tenças do qu'o pai 'le dá...

Às três pancadas

às três pancadas

Mal ajeitado; com pouco aprumo; mal atamancado.

Ex: Ó Tóino, compõe o chapéu que levas isso às três pancadas... É, assim, qu' ê gosto...

Assezoar

âss'zuar

Endurecer; diz-se quando o cimento fesco seca e deixa de poder ser alisado.

Ex: Tem's que fortaçar já este rebôco, antes qu' o ciment' assezô. – Ist', com estes calores nã há que fiar nele. Ê vô já tratar dele.

Asnêra

asnêra

Vaidade; mania; presunção; penêras.

Ex: Lá por teres um vestido novo qu’a tu’ madrinha te deu, nã sê p’ra qu’é essa asnêra toda...Ê cá ‘inda tenho um mái bonito qu’o teu!...

Asno

asno

Vaidoso; presumido; burro; presunçoso; maniento; baboso; inchado; de rabo alçado; caganêroso; cu d'asnêra; penêrento.

Ex: O Zé désna que foi p’a Lisboa ‘tá cá um asno... Já nã fala a ninguém!... | Atã nã dás tirado a carta, g’and’asno?!...

Assadura

assadura

Petisco muito apreciado na matança do porco constituído por carne magra assada nas brasas, posteriormente, temperada com salsa e azeite.

Ex: O qu’ê más gosto na mortepórque é d’assadura. Perc’-me por aquilo!...

Assantamento

assentament'

Local de construção da casa; moradia; prédio; assentamento; morada de casas.

Ex: P’a d’zer a verdade, ist’aqui dá um bom assantamento de casas. | Que belo assantamento de casas qu’o Ináiço tem além na Vila!...

Assanto

assanto

Assento.

Ex: Atã, 'tá aí d' em pé, com um assanto ali sem ninguém?!...

Assentamento

assentament'

Local de construção da casa; moradia; prédio; assantamento; morada de casas.

Ex: P’a d’zer a verdade, ist’aqui dá um bom assentamento de casas. | Que belo assentamento de casas qu’o Ináiço tem além na Vila!...

Assento

assent'

Restos; borras; fundalhos.

Ex: Este vinho casêro já tem assento. Sará quísto ‘inda ‘tá bom?

Assilhar

ass'lhar

Assentar; colocar; ajeitar; aconchegar.

Ex: Mái atão ond’é que tem andado hoje qu’ê ‘inda nã o tinha visto?... – Andí a assilhar umas vasilhas p’ô madronho, parente. ‘Tô aqui todo dorido deste lado...

Assim como assim

assim c’m’àssim

Seja como for; de qualquer modo; de qualquer forma; em qualquer dos casos; em todo o caso.

Ex: Vou-me embora. Assim c’m’àssim já nam dô feto nada hoje com esta chuva…

Assolar

assular

Ver açular.

Assomar

ass'mar

Surgir; aparecer; apontar.

Ex: Mái atão aqueles moços nunca mái voltam?! – Olhe, vêm agora a assomar além na portela.

Assomar-se

ass'mar-s'

Espreitar; também usado com o significado de verificar se está tudo bem; devassar.

Ex: Dêxa-me lá assomar aí p’la fresta da porta  a ver o qu’é qu’eles ‘tão a fazer...; assoma-te lá aí aos porcos a ver com’eles ‘tão...

Assoprão

ass'prão

Sopro.

Ex: Apaga já isso. Dá um assoprão com força!...

Assoprar

ass'prar

Soprar.

Ex: Levas p’raí a assoprar e nunca más dás acendido o fogo... Ó homem põe-le um coisinho de petrol qu’ele ala logo...

Assovacado

ass'vacad'

Encolhido; amedrontado; ensovacado; embatucado.

Ex: ‘Tás p’aí todo assovacado, nã tenhas medo que ninguém te faz mal!...

Assubir o sãingue às ventas

assubir o sãing' às ventas

Exaltar-se; zangar-se; enfurecer-se; irritar-se; embrutar; marafar-se; enzàinar; danar; enrèxar; chigar o sãingue às ventas.

Ex: Nã me faças assubir o sãingue às ventas qu' dô-te uns sopapos …

Às-sunção (Quinta-Fêra da)

quinta-fêra d'às-sunção

Ascenção (Quinta-Feira da); dia da espiga; também utilizado para Quinta-Feira da Assunção (15 de Agosto).

Ex: Quinta Fêra da Às-sunção vamos ô Barranco dos Pisõs à missa campal e ver o moinho do Pôcachinho.

Astrever-se

astr'ver-s'

Atrever-se; hablitar-se.

Ex: Bom, só te digo uma coisa. Nã t’astrevas a voltar a fazer o mémo que já f’zeste uma vez!... Ê ‘tô aqui p’a ver...

Astro

astro

Céu; universo; atmosfera; firmamento.

Ex: O tempo vai mudar. Vejo o astro tã carregado...

Astro (olhar o)

olhar'o astr'

Observar o céu com o intuito de obter informações de natureza meteorológica.

Ex: Dêxa-me lá olhar ô astro a ver que tempo faz amanhã...

Atã

atã

Então; atão; dessa manêra.

Ex: Atã, nunca más te resolves?... Vá lá qu’ê tenho que m’ir embora...

Atã perquém

atã pr'quém

Porquê; pre mode quém; que jêto; atã que jêto; perquém.

Ex: Este ano nã dí tirado cortiça nenhuma. – Atã perquém? - Atão os tiradores nã me chegaram cá!...

Atã que jêto

atã qu'jêt'

Porquê; pre mode quém; que jêto; perquém; atã perquém.

Ex: Dá-me vontade de m’ir embora e barimbar-me nisto!... – Atã que jêto?... – Ora! Ora! ‘Tão todos a embirrar com-migo!...

Atabafar

atabafar

Tapar; abafar; ferver o leite.

Ex: Dêxa-me lá ir atabafar o lête antes qu’ele azede.

Atabão

atabão

Mosca de grandes dimensões que ataca as bestas, com mais frequência à hora do calor, picando-lhe de tal forma que lhes faz escorrer o sangue.

Ex: Leví aqui uma picada dum atabão qu’até vi ‘strelas!... Até corre sangue...

Atabúa

âtâbúa

Tabua, planta semelhante a pequenas canas, que se desenvonvolve em meios muito húmidos, de cujas folhas secas se fazem assentos de cadeiras, esteiras e reparações em pipas de madeira.

Ex: Q'ondo se t'ver ocasião, há-de-se comprar umas cadêrinhas d' atabúa, qu'estas já 'tã munto derrengadas. | Aquela vasilha 'tá-me a dêxar ir... – Olha, corta uma falhinha munto fininha d' atabúa e põe-a entre as aduelas adonde resume, qu' ela veda.

Atado

atad'

Palerma; tímido; imbecil; trôxa; empachado; engònhado; enrascado; vergonhoso; basbana; tramôco; esgròviado; chalado; gaseado; emparvoado; emparvatado; aventêsma; pôcachinho.

Ex: Nã foste capaz d’o indròminar?! G’ande atado que me saíste!...

Atafazes

âtâfáz's

Fitas de coiro que seguram a albarda na parte traseira passando pela anca e por baixo da cauda da besta; arretrancas.

Ex: Mandí pôr uns atafazes nôvos na albarda do mê burro, más ‘tão a pegar na pele do animal.

Atafulhado

âtâf'lhád'

Mal guardado; mal acomodado; escondido; cheio.

Ex: Mãe, nã dou com as ciroilas do pai! Isto tam’ém 'tá p’aqui tudo atafulhado na caxa...

Atafulhar

âtâf'lhár

Guardar de qualquer maneira; acomodar à pressa; meter sem cuidado; esconder.

Ex: Nã dô incontrado essas calças. Sê qu' as atafulhíp' aqui nesta caxa, mãi nã dô com elas...

Atalhar

atalhar

Azedar (o leite); criar coalho; interromper; abreviar; cortar; incurtar de razõs; encurtar de razõs.

Ex: Com este calor, nã fervi logo o lête, já m’ atalhou!...

Ataloado

ataluad'

Mal cozido ou assado; duro; amassaròcado.

Ex: Dêxaste as batatas mê’atalodas, quem é que dá comido isto?!...

Atamancar

atamancar

Remediar; ajeitar à pressa; aconchegar; amanhar; afêçoar; assilhar; compor.

Ex: Ó Antóino, atamanca lá p’raí isso de manêra qu’eles nâ percebam...

Atanaz

âtânáz

Tenaz.

Ex: Alcança-me lá aí a atanaz p’ra ê aconchegar aqui o borralho.

Atanchadiça

atanchadiça

Diz-se da pedra muito difícil de remover, normalmente do formato dum rabôlo. Por vezes, quando localizada no sítio apropriado, era aproveitada como marco.

Ex: Quem é que dá tirado um rabôlo destes daqui?!... – Más a más qu’isso é uma pedra atanchadiça...

Atanchar

atanchar

Espetar; bater; dar; tanchar; afincar; arrumar; ferrar; pregar; inganchar; enganchar.

Ex: Atancha essa ‘staca bem p’a ficar firme. | Atancha-lhe um porro nos cornos qu’ele dêxa logo de t’apequentar!...

Atão

atão

Então; atã; dessa manêra.

Ex: Atão, nunca más te resolves?... Vá lá qu’ê tenho que m’ir embora...

Atarantado

âtârantád'

Atordoado; desorientado; espantado; parado; imóvel; ensarampantado; emzamboado; àguado; almariado, ensampado; embasbacado; insampado; espècado.

Ex: Gosto munto de vir à fêra, má, aqui ô pé dos carrinhos de choque, com este barulho até fico todo atarantado... – Atã, vamos imbora, qu' ê cá tamém nã me dô nada bem com isto...

Atazanoar

âtâzanuár

Aborrecer; chatear; espicaçar; matinar; apequentar; impertenecer; judear; zucrinar; embicar; catarruar.

Ex: Atão, nunca más te resolves?... Vá lá qu’ê tenho que m’ir embora...

Até berra (que)

qu'até berra

Excessivamente; a dar nas vistas; de mais; muito; até mái não; até vai lendo.

Ex: Encheste uma barrigada de papas, qu' até berra, punhefra!... – É que 'tavam méme boas...

Até mai não

'té mái não

Muito; até se fartar; ao máximo; excessivamente; de mais; a dar nas vistas; que até berra.

Ex: Ai, homem, havias de trazer grande fome. C'meste até mái não... – Atã tinha c'mido mal ô almoço...

Até vai lendo

'té vai lend'

Excessivamente; a dar nas vistas; de mais; muito; até mái não; até berra.

Ex: Encheste uma barrigada de papas, qu' até berra, punhefra!... – É que 'tavam méme boas...

Atentar ou atentar a cabeça

atentar ou atentar a cabeça

Importunar; aborrecer; chatear; impertenecer; empertenecer; inzucrinar; enzucrinar; apequentar; rançar; caquear; repisar; caquenhar;  zucrinar; besoirar; judear; rentar; ramocar; dar fezes; matinar; atazanoar; pôr-se com coisas; pôr-se com muntas; marafar; marfar; enzainar; inzainar; danar; enrèxar; infèzar; enfèzar; açular.

Ex: Ó mãe, compra-me um escolate daqueles!... – Já te disse que nã tenho dinhêro. Nã m' atentes a cabeça!...

Atibar

atibar

Amornecer; entibiar; amornar.

Ex: Vai lá atibar o lête qu’é p’a dar ô menino, que já ‘tá a chorar com fome.

Atiçar

atiçar

Atear o fogo; instigar; irritar; alar; açular.

Ex. Atiça lá aí o fogo, qu’ele ‘tá-se quái a apagar. | Nã podes passar sem ‘tares semp’atiçar os moços pequenos... | Nã atices os cãs às galinhas qu’eles ‘inda matam p’aí alguma!...

Atilho

atilh'

Fita; cordel; tamiça.

Ex. Que belo atilho que m’arranjaste... Mal apertí um coizinho parti-se logo...

Atolar-se

atular-s'

Ficar preso na lama; atascar-se.

Ex: Ó Manel, já se dará passado além p’lo caminho da varja? – Nã, melher. Aquilo ‘tá além um atolêro que só com botas canelêras. Nã vês que tem chovido a semana toda... Inda, ôtro dia, quái que m' atolí lá

Atolêro

atulêr'

Lamaçal; charco; lamatêro; lavajo; patamêro; choça.

Ex: Ó Manel, já se dará passado além p’lo caminho da varja? – Nã, melher. Aquilo ‘tá além um atolêro que só com botas canelêras. Nã vês que tem chovido a semana toda...

Atopo

atôp'

Oportunidade; pechincha; jêto; ocasião.

Ex: Ó Manel, já se dará passado além p’lo caminho da varja? – Nã, melher. Aquilo ‘tá além um atolêro que só com botas canelêras. Nã vês que tem chovido a semana toda...

Atravessadiço

atrav'ssâdíç'

Mestiço; apanhadiço; arraçado; traçado.

Ex: Que belo pórco qu’o Zé do Barranco tem alèm!... – Aquilo é béque-me atravessadiço de javali...

Atribuir

atribuir

Confundir; enganar-se; equivocar-se.

Ex: 'Tás atribuido. Aquilo nã foi bem assim com-mo 'tás a d'zer. O ôtro é que começô a picar, nã foi o Zé.

Atufado

atufad'

Amuado; a fazer birra; embezerrado; tufado.

Ex: Nã sê que moç’é este, que nã se l’e pode d’zer nada fica logo atufado...

Aturar

aturar

Durar; manter-se; permanecer; ficar; aguentar.

Ex: Os piques de carne gôrdados na banha aturam um ano, se fôr preciso...

Àuguar

àuguar

Adoecer por não concretizar um desejo; geralmente utilizado em relação às grávidas quando desejam comer algo; àguar.

Ex: Ó Zé Manel, vê lá se chatêas a mulher, qu’ela ‘tá p’a menino e pode àuguar...

Avargar

avargar

Vergar; inclinar-se; desequilibrar-se; dar varêjo; pender; guinar.

Ex: Aquele perêro tem uma carga qu’até ‘tá a avargar!...

Avelar

âv'lár

Secar; mirrar.

Ex: Ê cá só gosto méme das castanhas despôs delas avelarem. Até as como cruas...

Avélas

avélas

Papas de milho; papas; miroilas; galinha de bico amarelo; galinha à mó; xerém; papas-soltêras.

Ex: Uma vez namorí uma moça, q'ond'ia lá à casa dela o que me davam semp'e p'a c'mer era avélas.

Aventar

aventar

Fazer vento; expelir gases; peidar-se; dar traques; empanzinar; descuidar-se.

Ex: A aventar desta manêra, inda me dêta os margotõs todos ô chão... | Des qu' o tê pórco 'tá p' aí doente.. O qu' é qu' ele tem? – Sê cá!... Aventô duma tal manêra qu' inda m' arrebenta p' ali... | O qu' é que c'meste hoje, mom?!... Nã fazes senã aventar...

Aventêsma

aventêsma

Pessoa sem préstimo; pateta; abantesma; trôxa; basbana; ingònhado; engònhado; atado; alma do diabo; paspalho; saganheta; emparvoado; pôcachinho.

Ex: O qu' é qu' essa aventêsma 'tá além a olhar p'à gente há quái mêa hora?... – Dêx' ô môç'. Nã vês qu' ele é méme assim...

Aventujado

aventujad'

Batido pelo vento; sujeito à acção do vento.

Ex: Vamos más é p'ra casa qu' isto aqui fica-se tôd's aventujados... – Com um vento destes inda se panha p' aqui uma const'pação...

Aventujar

avent'jar

Sujeitar à acção do vento; retirar as impurezas do cereal atirando-o ao ar e expondo-o ao vento (atirando-o ao ar, na eira, com uma pá ou despejando-o de uma alcofa, colocada ao nível do ombro, para outra que estava no chão); atirar para longe; deitar fora; estrapôr.

Ex: Vou-me aprovêtar agora este ventinho p’à aventujar uma alcôfa de fêjão que tenho ali. | Atã nam vêm este estapôr?!... Aventujou-me o boné além p’ô cantêro...

Aviar

aviar

Fornecer as compras.

Ex: C'madre Câinda, avie-me lá aqui umas coisinhas, p'a ê ir andado.

Aviar-se

aviar-s'

Apressar-se; despachar-se.

Ex: Vamos embora, que 'tá quái na hora da missa. – 'Péra aí, qu' ê 'tô-m' acabar d' aviar.

Avío

avío

Compras; aviamento.

Ex: Ó prima, alcance-me lá aí o mê avio qu' ê 'tõ com pressa.

Avoão

âvuão

Voo.

Ex: Joguí uma pedra às galinhas, uma dé um avoão foi parar ô cantêro de baxo.

Àvonde

àvond'

Suficiente; bastante.

Ex: Dêxa-me lá ver s' ê tenho aqui d'nhêro àvonde p'a comprar um q'ôrtêrão de sardinhas....

Àvonde (ter ou dar)

ter'àvond' (ou dar')

Bastar; chegar.

Ex: Já tem àvonde de brincadêra qu’isto já nã me ‘tá a calhar munto bem... | Já tem àvonde, comadre, qu’é p’a nã ir derramando p’lo caminho. | Um litro de fêjão há-de dar bem àvonde. Só tenho mêo cantêro p’a semear.

Azedar

az'dar

Fermentar; levedar; fintar.

Ex: Filha, nã t’esqueças que p’ô pão crescer e f’car bom tens que dêxar azedar bem a massa.

Azedo

azedo

Que ladra muito; agressivo (relativo a cães).

Ex: Punhana!... O tê canito é do mái azedo que há... – Isto é piquenalho, mái nã dêxa chegar nada ô pé, faz logo uma ladrada...

Azial

azial

Aziar; freio para as bestas constituído por um ferro curvo com serrilha que se prende ao cabresto e à arreata de modo a que, quando se puxa por esta, pressione o bêço inferior do animal obrigando-o a obedecer; também tinha uma versão mais artesanal em que era constituído por dois paus presos numa ponta e apertados manualmente na outra de forma a se obter o mesmo resultado; serrilha; serrilhão.

Ex: Coitado do animal, já tem o quêxo todo em chaga pre causa do azial. Tam’ém é mái raguingoso qu’um raio!... Quem é que dá conta disto a nã ser assim?!...

Azôgado

azôgád'

Desorientado.

Ex: O qu’é que tará acontecido o parente Antóino p’a ele ‘tar assim? – Ê cá nã sê, más ele já há uma preção de tempo qu’anda assim mê’azôgado.

Azôgue

azôg'

Íman.

Ex: O qu’é isso que tens aí qu’atrae esse prego? – É um azôgue. Ainda nã tinhas visto?

Azôgue (ter)

ter'âzôg'

Estar inquieto; deslocar-se depressa; ter capacidade de atrair.

Ex: Ó home! Põe-te queto! Andas aí a besoirar parece que tens azôgue!... | O João parece que tem azôgue. Andam as moças todas de roda dele...

Email: refoias
©O Parente da Refóias
Última mexida: 05-Jun-2012

Site Meter