Serra de Monchique: Cerro dos Picos à esquerda, Fóia ao centro e Picota à esquerda
Glossário - Letra D
Vocábulo Pronúncia Significado Exemplo

Da boa

da boa

Aguardente de medronho de boa qualidade.

Ex: Se qu'reres bober um calcesinho da boa, anda com-migo qu' ê tenho ali im casa.

Da boca p'ra fora

da boca p'ra fora

Sem intenção; só conversa; que não é sentido.

Ex: Nã viste o qu' um ladrão daqueles me disse?!... – Nã ligues qu' aquilo é só da boca p'ra fora...

Da ponta da orelha

da ponta d'orelha

Excelente; bom; da melhor qualidade; com excelente paladar. Diz-se “Está da ponta da orelha!...” ou “Está daqui!...” e, simultaneamente, agarra-se e agita-se, levemente, o lóbulo da orelha.

Ex: Esta assadura 'tá da ponta da orelha. Que coisa tã saborosa... Lá ver aí mái um copinho de vinho.

Da quem nada

da quem nada

Brevemente; daqui a bocado; prestes; nã tardando munto; daqui nada; mái-logo; um dia destes; tã cedo; toda a hora.

Ex: Tenho que me despachar com o decomer que da quem nada 'tá o mê Antóino aí p'a jantar

D'acolhêta

d'acolhêta

De colheita própria.

Ex: Que belas melancias que tens aqui... Adonde é qu' as compraste? – Isto sã d' acolhêta.

D'adregue

d'âdrég'

Dificilmente; pouco provável; ser má de.

Ex: Passa das duas já, será d’adregue inda dar panhado a carrêra. Dêxa-me lá ir a fugir, qu’ê preciso tanto d’ir à Vila...

D’amor em graça

d’amor em graça

Desinteressadamente; gratuitamente.

Ex: Lá pensas qu’ela fez isso d'amor em graça… Tem qu’haver qualquer ent’rêsse pré trás.

D’apropósito

d’âpr'pósit'

Propositadamente; intencionalmente.

Ex: Fazeste isso méme d'apr'pósito, grande mariola...

D'arreata

d'arreata

Contrariado; forçado; obrigado; sem apetite; descontravontade: descontrafêto; a custo.

Ex: Atã nã vêem que me desqueci de trazer o barril da água. Ê já vinhe d' arreata fazer este serviço e agora atão inda pior. Com um calor destes quem é qu'aguenta a sede?...

D’arrojo

d’ârrôj'

De rojo; de rastos.

Ex: Nã vês que trazes a saca d'arrojo e estragas isso tudo?!... – Atão... Nã dô podido com ela ...

D’hoje amanhã ou d’hoje pr’amanhã

d’hôj'àmanhã ou d’hôj' pr’àmanhã

Futuramente; oportunamente; qualquer dia.

Ex: Faz-se pr’aí uns descontos p’rá Casa do Povo p’ra ver se d’hoje amanhã dão uma reformazinha à gente.

Dado

dad'

Sociável; extrovertido; popular; simpático.

Ex: Aquele mecinho nã é nada dado. É que nã diz coisíssema nemhuma a ninguém se nã puxarem por ele...

Dado (estar)

tar dad'

Estar esgotado; estar muito cansado; escalfado.

Ex: Graças a Dés, só já falta acêfar aquela bêrada ali. – Cachamorra! Esta tarde dem's-'le aí um adianto... Mái tamém 'tô quái dado.

Daí (e)

e daí

Depois; despôs; òdespôs; vai daí.

Ex: Já hoje arrenquí mêo cantêro de batatas e daí inda fui panhar um fêxe de ferrejo p’às vacas.

Danado

danad'

Zangado; furioso; irritado; terrível; entusiasmado, decidido; marafado; enzainado; enrèxado; inrèxado; com cara de pôcos amigos; de rabo alçado; de venta arreganhada.

Ex: Este cão ‘tá semp’e danado, ninguém se pode chegar p’ô pé dele.

Daneza

daneza

Irritação; raiva; ira; zanga; apequentação; ravasca; ganas; rabeada; sezão.

Ex: Este cão ‘tá semp’e danado, ninguém se pode chegar p’ô pé dele.

Da quem nada

da quem nada

Brevemente; daqui a bocado; passado pouco tempo; pouco tempo depois; prestes; nã tardando munto; daqui nada; mái-logo; um dia destes; tã cedo.

Ex: Tenho que me despachar com o decomer que daquem nada 'tá o mê Antóino aí p'a jantar.

Daquelas qu' os cãs nã gostam

daquelas qu'os cãs nã gostam

Reprimenda; descompostura; repreensão; palavras desagradáveis; das qu' os cã nã gostam; garrêa; garreão, desanda.

Ex: Portaste-te mal, agora vás ôvir daquelas qu' os cãs nã gostam....

Daqui (estar)

'tar daqui

Com excelente paladar; bom. Diz-se “Está daqui!...” ou “Está da ponta da orelha!...” e, simultaneamente, agarra-se no lóbulo da orelha.

Ex: A morcela de farinha é que ‘tava daqui!... Foi o qu’ê mái gostí de tudo. | Ai, comadre, que belos milhos que vomecêa sabe fazer. ‘Tão daqui!…

Daqui nada

daqui nada

Brevemente; prestes; tã cedo; um dia destes; nã tardando munto; daquem nada.

Ex: Abalaram, logo de manhã. Daqui nada, 'tã eles aí.

Dar

dar

Conseguir; ser capaz; poder; ceder; ; bastar; chegar; ser suficiente; vergar; condizer; dar conta do recado; avargar; dar àvonde; ter àvonde.

Ex: Vê lá se dás carregado uma saca de guano às costas com’ê cá, sem ajuda nenhuma… | Toma conta que a carga 'tá a dar um coisinho p' àquela banda e a besta inda cai... | Isso já dá àvonde. Nã preciso más do qu’essa manchinha de pevides p’à semente. | Ó m'lher, veste ôtra blusa qu' essa nã dá com uma saia dessa cor...

Dar a criação

dar a criação

Educar; ensinar.

Ex: Aquela famila nã sabe dar a criação ôs moç's, andam aí que nem uns malteses.

Dar à perna

dar à perna

Coxear; mancar; andar.

Ex: A filha daqueles que vieram p' aí, agora, dá um coisinho à perna, aquilo sará de nascença?

Dar à tramela

dar'à tramela

Fofocar; falar; falocar; tramelar; tramelear; lambarear.

Ex: Temos levad' aqui a manhã tod' à dar à tramela e o jantar p'r fazer... – Ai, vô-me já embora...

Dar àgu-ento

dar àgu-ent'

Aguentar; aturar; suster; dar conta.

Ex: Ê nã dô àgu-ento uma coisa destas... Tôd's dias a méma coisa, sempre, sempre...

Dar ancas

dar ancas

Dar confiança; facilitar; autorizar; dar opas.

Ex: Disse ô Roça que podia panhar ali uns q'ontos margotõs, más um nada, levav' ôs tôd's... – Isso, nã se pode dar ancas a esse saganheta qu' ele abusa logo...

Dar ares

dar'ar's

Parecer-se com.

Ex: Mái atão a quem é qu’o moço pequeno dá ares? – Atã nã vês qu’é tal e qual outro pai?!...

Dar as costa por resposta

dar as costas p'rresposta

Não responder; desprezar; voltar as costas; dar o cu por resposta; ficar-se.

Ex: Atão e o qu'é qu' ela te respondeu? – Olha, dé-me as costas p'r resposta ...

Dar àvonde

dar'àvond'

Chegar; bastar; ser suficiente; ter àvonde.

Ex: Isso já dá àvonde. Nã preciso más do qu’essa manchinha de pevides p’à semente.

Dar balanço

dar balanç'

Inclinar-se; desequilibrar-se; avargar; dar varêjo; pender; guinar.

Ex: Nã ponhas a carga tã alta qu' iss' dá balanço e o burro nã s' aguenta pr' essa v'reda abaxo. – Olá... Tenh'-o carregado munto más e ele vai bem...

Dar boa matação

dar boa matação

Não coincidir com o dia em que a Lua muda de fase; acredita-se que, se se matar o porco em dia de mudança de fase da Lua, corre-se o risco de a carne, os enchidos e os presuntos se estragarem.

Ex: Tenho q’ólhar à folhinha a ver se Sábado dá boa matação p’rá minha mortepórque.

Dar bom jêto

dar bom jêt'

Convir; ser oportuno; ser conveniente; ter vocação; ter queda; ter inclinação; calhar; dar jêto.

Ex: Tem que ter pacência, qu' ê cá, hoje, nã me dá bom jêto fazer esse serviço. Combinamos isso p' amanhã. – Nã podendo ser d' ôtra manêra....

Dar cabo

dar cab'

Estragar; destruir; danificar; dar fim; estafajar; fazer em fanicos; estrassalhar; escalavardar; esbroncar; estrafegar.

Ex: Nã tens méme cudado nenhum. Olha bem em q’onto tempo tu deste cabo dessas calças!...

Dar cobiça

dar c'biça

Apetecer; tentar; agradar muito; de rara beleza.

Ex: Qu’amêxas tã gradas que tem ali, compadre. Até dão cobiça… / Aquela mecinha além da Corte é méme bonita, benz'à Dês. Até dá cobiça.

Dar com

dar com

Encontrar; achar; descobrir; encarar.

Ex: Atã, já achaste a tu faquinha? Olha, fui dar com ela na alsebêra do colete qu' ê tinha levad' à missa, no D'mingo.

Dar conta

dar conta

Dominar; vencer; ser mais forte; conseguir; aguentar; controlar.

Ex: Tens a mania da força, mái nã dás conta do Tóino. Nem que peles…

Dar conta do recado

dar conta do r'cad'

Ser capaz de; ser competente; conseguir; dar.

Ex: Já nã dás conta do recado… Nã tarda nada, ‘tás no asilo…

Dar coraja

dar coraja

Incentivar.

Ex: Atã, que tal vai isso, parente. Vai melhorzinho? – Eh'q... Se nã fosse p' aí a famila me dar coraja, nã sê o qu' é qu' ê nã taria já fêto…

Dar cudados

dar cudad's

Preocupar.

Ex: Cheguí lá ô curral, vi o pórco dêtado assim duma manêra... punhana, dé-me cá uns cudados... Pensí qu' ele 'tava morto....

Dar de corpo

dar d'côrp'

Defecar; evacuar (geralmente ao ar livre, no campo, atrás de um arbusto); obrar; governar-se; fazer o serviço; fazer o presente; fazer as necessidades; sujar.

Ex: Mái atão o qu’é qu’ele ‘tá a fazer além pre trás daquelas moitas?… Foi dar de corpo, nã olhes.

Dar de frosque

dar d'frosq'

Abandonar; fugir; ir-se embora; desistir v’reda, cá vou eu!....; desandar; pôr-se a andar.

Ex: Q’ondo eles começaram a engavelar todos uns com os outros, ê cá dí logo de frosque qu’ê nã quero enredos.

Dar de vaia

dar d'vaia

Chamar; cumprimentar; dar vaia.

Ex: Dá lá aí de vaia ô pai p’ra ele vir jantar.

Dar dói... ou dar dói e chorar faz ranho

dar dói... ou dar dói e chorar faz ranh'

Frase utilizada por pessoas avaras como justificação para a sua maneira de ser ou como forma de crítica aos que são avarentos.

Ex: Pobrezinho do ti Manel, tanto que tem trabalhado p'aquela gente, ricos como são, e nunca s'alembram dele nem tampôco p'la Festa... Isto dar dói e chorar faz ranho, prima...

Dar em

dar'em

Começar a; transformar-se; tornar-se; dar im.

Ex: Nã ligue à conversa dele, qu' ele nã 'tá munto certo da cabeça. – Atão? – Agora até já dé em ôvir as almas do ôtro mundo... | Atã nã pões amóino no rego, Tóino? – Nã. Ê cá, agora, dí em jogá-lo logo pre cima da terra. – Acho pôco jêto nisso, mái...

Dar festa

dar festa

Dar vontade de rir; dar graça; dar alegria.

Ex: Q'ondo vejo estas coisas, dá-me uma festa tã grande que tenho que rir às carcachadas...O qu'é que mecêa quer, nã me dô aguentado...

Dar fezes

dar fé-z's

Irritar; arreliar; aborrecer; zangar; enfèzar; infèzar

Ex: Nã me digam coisas dessas qu'ê dá-me umas fezes qu'até... Fad'um cabrão!...

Dar fim

dar fim

Estragar; destruir; danificar; dar cabo; estafajar; fazer em fanicos; estrassalhar; escalavardar; esbroncar; estrafegar.

Ex: Nã tens méme cudado nenhum. Olha bem em q’onto tempo tu deste fim a essas calças!...

Dar gosto

dar gôst'

Agradar; consolar; saber bem.

Ex: Nã me digam coisas dessas qu'ê dá-me umas fezes qu'até... Fad'um cabrão!...

Dar im

dar'im

Começar a; transformar-se; tornar-se; dar em.

Ex: Nã ligue à conversa dele, qu' ele nã 'tá munto certo da cabeça. – Atão? – Agora até já déim ôvir as almas do ôtro mundo... | Atã nã pões amóino no rego, Tóino? – Nã. Ê cá, agora, dí im jogá-lo logo pre cima da terra. – Acho pôco jêto nisso, mái...

Dar im parvo

dar im parv'

Enlouquecer; endoidecer; desorientar-se; perder o juízo; imparvecer; emparvecer.

Ex: A famila, hoje im dia, béque-me 'tá tudo a dar im parvo Só fazer é coisas mal fêtas...

Dar jêto

dar jêt'

Convir; ser oportuno; ser conveniente; ter vocação; ter queda; ter inclinação; calhar; fazer jêto; dar bom jêto; ajêtar-se.

Ex: Tem que ter pacência, qu' ê cá, hoje, nã me dá jêto fazer esse serviço. Combinamos isso p' amanhã. – Nã podendo ser d' ôtra manêra...

Dar-lhe

dar-l'

Insistir; pertar; brigar; caquear; caquenhar; rançar; repisar; zucrinar; matinar; zurzilar.

Ex: E ele a dar-l'e!... Já o mandaram calar e nã serve de nada...

Dar-lhe ou dar-lhe na cabeça ou dar-lhe nos cascos

dar-l' ou dar-l' na cabeça ou dar-l'e nos casc's

Decidir-se; inclinar-se para; convencer-se; pender.

Ex: Agora dé'-l'e p'ali, ninguém l'e tira aquil' da cabeça.

Dar má-jêto

dar má-jêt'

Não convir; não ser oportuno; não ser conveniente; não ter vocação; não ter queda; não ter inclinação; fazer diferença; não calhar; não dar bom jêto; não s' ajêtar.

Ex: Tem que ter pacência, qu' ê cá, hoje, dá-me má jêto fazer esse serviço. Combinamos isso p' amanhã. – Nã podendo ser d' ôtra manêra...

Dar mão

dar mão

Ser manso; permitir que o agarrem.

Ex: Ist'é um belo burro, p'ô trabalho e tudoi. Mái tem uma pecha. Q'onde se solta, nã dá mão.

Dar nas ganas

dar nas ganas

Apetecer.

Ex: S’ê fosse a ti, hoje nã ia à Vila, qu’ist’é capaz de chover… – A questã é que me dê nas ganas…

Dar no goto

dar no gôt'

Engasgar-se.

Ex: Vês? Ê nã te disse p’a c’meres com precêto? Agora dé-te no goto, ‘tás à rasca…

Dar notiça

dar notiça'

Aperceber-se; notar; dar por.

Ex: Des que chové munto esta nôte, ê cá nã dí notiça de nada...

Dar o arroz

dar o arroz

Castigar; fazer pagá-las; fazer a folha.

Ex: Ah, mariola! Nã mexas aí. A tu mãe logo te dá o arroz…

Dar o cabaço

dar o cabaç'

Terminar o namoro; não aceitar o convite de namorar; negar-se a qualquer coisa.

Ex: Nã te descudes qu’ela dá-te o cabaço e òdespôs é uma vergonha!...

Dar o carepo ou garepe

dar o carep' ou garep'

Morrer; esticar o pernil; bater a bota; quinar; levar sumiço; ir ô ar; dar o pêdo mestro; marafar-se; pifrar; patear.

Ex: Atã e aquela coelha que tinhas p' aí doente, c'm' é qu' ela 'tá? – Olha, já dé o garepe...

Dar o cu por resposta

dar o cu p' resposta

Não responder; desprezar; voltar as costas; dar as costas por resposta; ficar-se.

Ex: Aquela T'reza é tã malcriada... – Inda esta manhã l'e prècurí c'm' é qu' o avó dela ia, dé-me o cu p'r resposta e oi andando...

Dar o nome

dar o nome

Inscrever-se.

Ex: Já deste o nome p' ô jogo das panelas? – Nã dí nem dô, qu' ê nã 'tô p' ôs ôtros se rirem à minha custa …

Dar o pêdo mestro

dar o pêd' mestr' (como em gesto)

Morrer; esticar o pernil; bater a bota; quinar; levar sumiço; ir ô ar; dar o carepo; marafar-se; pifrar; patear.

Ex: Atã e aquela coelha que tinhas p' aí doente, c'm' é qu' ela 'tá? – Olha, já dé o pêdo mestro...

Dar o positivo

dar o positiv'

Resultar; funcionar; render; dar rendimento.

Ex: Há que temp's que brigo aqui com este alferce a ver s'o dô incãimbado, mái nã me 'tá a dar o positivo, nã sê que jêto... – Atã nã vês qu' o cabo é um coisinho delgado?!... Pranta-lhe uma cunha ó duas e, despôs, dêx' ô drento d' água um belo pôco a inchar que logo vez se nã fica bom...

Dar o tempo por mal empregue

dar o temp' p'r mal empreg'

Arrepender-se; não valer a pena.

Ex: Um conselho te dô ê cá. Nã vás lá que dás o tempo por mal gasto …

Dar o tempo por mal empregue (não)

nã dar'o temp' p'r mal empreg'

Não se a rrepender; valer a pena.

Ex: Um conselho te dô ê cá. Nã vai lá que nã dás o tempo por mal empregue …

Dar opas

dar opas

Dar confiança; facilitar; autorizar; dar ancas.

Ex: Disse ô Roça que podia panhar ali uns q'ontos margotõs, más um nada, levav' ôs tôd's... – Isso, nã se pode dar opas a esse saganheta qu' ele abusa logo...

Dar ordes

dar ord's

Planear; decidir; dirigir; pegar em si; opor-se; resolver-se.

Ex: Tenho que dar ordes à vida que assim nã faço nada hoje.

Dar orelha

dar ôrelha

Sujeitar-se; submeter-se; ceder; amòchar.

Ex: O raio do mê burro é malino do pior, mái sê o que l'e fazes qu' ele comtigo dá semp' orelha... – Os bichos querem-se bem tratados, nã é à bruta c'm' tu fazes d' ora im q'ionto...

Dar os améns

dar os àméns

Concordar; apoiar; dizer que sim; bajular; engraxar; passar a mão p'lo pelo; tirar por.

Ex: Nã basta já ele ser o que é, inda l'e 'tás semp'e a dar os àméns... – Atão, s' o homem tem r'zão...

Dar ôsío

dar'ôsío

Permitir a passagem ou utilização da sua propriedade por estranhos.

Ex: P'a d'zer a verdade, dá-me pena de nã os dêxar passar por aqui. Mái atão, se vamos dar ôsío méme aqui por a rua, devassam isto tudo à gente. Más olhe, façam lá carrelêra ali pre trás, qu'é só más uma voltinha, e a gente fica más sossegados.

Dar partilhas

dar partilhas

Proceder à divisão e atribuição dos bens de uma herança a cada um dos herdeiros.

Ex: Mái atão há q'onto tempo qu'o pai morreu e eles inda nã deram as partilhas fêto?... – Eh'q. Aquilo vale pôco e eles sã muntos. Cada um 'tá pre sê lado. Nunca más aquilo é fêto, dig'-l' eu...

Dar pontos

dar pont's

Costurar.

Ex: Compad'e Zé, a C'madre T'reza 'tá além p'r casa? – 'Tá, sa senhora. Q'ondo abalí, f'cô ela a dar uns pontos além numa rôpa.

Dar por ou dar por ela

dar pur ou dar p'r'ela

Aperceber-se; notar; dar notiça.

Ex: Des que chové munto esta nôte, ê cá nã dí por nada...

Dar remôr

dá r'môr

Mexer-se; dar sinal de vida; assinalar a presença; fazer barulho; manifestar-se.

Ex: Prima, com’é que ‘tá o sê avó? – Ai, prima, ‘tá munto mal. Nem dá remôr, coitadinho.

Dar-se

dar-s'

Ter bom relacionamento; acontecer; prosar; falar-se; tratar-se; falar com; suceder.

Ex: Nã ‘le fale no Jôquim do Vale, qu’eles nã se dão. | Tal foi aquela desgraça qu'ontem se dé ali?!... – Pobrezinha daquela famila... Só têm tido pôca sorte...

Dar-se o caso dar-s'o caso Acontecer; suceder; dar-se. Ex: 'Inda queres vender aquela cabra moncha que tens lá, Tóino? – Quero, mái dá-se o caso qu'ela agora 'tá de maré e ê quero levá-la a cobrir primêro.
Dar-se ô trabalho dar-s'ô trabalh' Incomodar-se; decidir-se; opôr-se. Ex: Vás ô mercado vender aquela cabra moncha que tens lá, Tóino? – Ô preço qu' eles têm p' aí falado, nem me dô ô trabalho de lá ir...
Dar-se por

dar-s' p'r

Ceder; aceitar um conselho. Ex: Punhana, grande calor que panhí, esta tarde, ali naqueles cantêros!... – Désses-te p'r os mês conselhos e t'vesses ido regar só à tardinha que já o sol ia mái baxo...

Dar serventia

dar s'rventía

Ajudar no ofício de pedreiro.

Ex: Atão já me d’sseram que tens lá o pedrêro a trabalhar. E quem é que dá serventia? – Dô ê cá.

Dar um jêto ou dar um jêtinho

dar'um jêt' ou dar um jêtinh'

Desarticular um osso; ser vítima de luxação ou entorse; ajudar; colaborar; desmanchar-se; deconjuntar-se; desmantalar-se; dar uma manita.

Ex: Atã o qu’é foi isso que vem aí coxo, primo? – Dí p’aqui um jêto com esta perna, custo a andar.

Dar uma manita

dar'uma manita

Ajudar; dar um jêto; dar um jêtinho.

Ex: Ó Zé, dá ali uma manita ô tê pai qu' ele já 'tá consado de tanto cavar... – Atã, dê-me lá aí uma inxada...

Dar vaia

dar vaia

Chamar; cumprimentar; dar de vaia.

Ex: Já dí vaia ali à da ti Maria, ninguém respondeu. Nã ‘tarão por’í?

Dar varêjo

dar varêj'

Inclinar-se; desequilibrar-se; avargar; dar balanço; pender; guinar.

Ex: Nã ponhas a carga tã alta qu' iss' dá munto varejo e o burro nã s' aguenta pr' essa v'reda abaxo. – Olá... Tenh'-o carregado munto más e ele vai bem...

Dar voltas ô miôlo

dar voltas ô miôl'

Pensar; raciocinar; reflectir; imaginar; ramorder; ramoer; repisar; matinar.

Ex: Nã ponhas a carga tã alta qu' iss' dá munto varejo e o burro nã s' aguenta pr' essa v'reda abaxo. – Olá... Tenh'-o carregado munto más e ele vai bem...

Daro

daro

Aroeira.

Ex: Mete aí o canito debaxo desse daro qu’é capaz de saltar daí um coelho.

Das cem partes uma

das cem part's uma

Um centésimo; a centésima parte.

Ex: Sabes q'onto é que ganham, num mês, alguns que jogam à bola? – Nã sê bem, mái p'r o que tenho ôvisto, só queria ganhar das cem partes uma...

Das ... em diante

das ... em diant'

A partir das ... horas; do mê-dia em diante; do mê-dia p' à tarde.

Ex: Espere lá por mim, qu’ê das nove em diante pareço por lá.

Das qu' os cãs nã gostam

das qu'os cãs nã gostam

Reprimenda; descompostura; repreensão; palavras desagradáveis; daquelas qu' os cã nã gostam; das qu' os cã nã gostam; garrêa; garreão, desanda.

Ex: Portaste-te mal, agora vás ôvir das qu' os cãs nã gostam....

Das tantas em diante

das tantas'em diant'

Altas horas da madrugada; muito tarde.

Ex: ‘T’vemos lá no balho até de manhã. Más aquilo, das tantas em diante, já nã prestou p’ra nada.

De àrrecuo

d'arrecuo

De marcha atrás; às arrecuas.

Ex: Ai, que já me pisaste!... – Tirasses-te da frente... – Vens aí d' àrrecuo sem olhar p'a trás e inda falas...

De boa avêa

d'bô'àvêa

Bem disposto; contente; satisfeito; bem humorado.

Ex: Hoje pode-se falar com ele, qu' ele 'tá de boa avêa..

De boa mente

d'boa ment'

De boa vontade.

Ex: Atão fiquem-se com Dés, qu'ê vô-me andando. – Vá com Dés, prima Catrina. E dê lá soidades ô prim' Zé. Lá darê de boa mente.

De brôco

d'brôc'

De bruços.

Ex: Mái, atão, que jêto 'tares aí, de broco, numa figura dessas?!... Alevanta-te!...

De bruteza

de bruteza

Em grande quantidade; excessivo; demasiado; muito grande; muito forte; de desbarrunta.

Ex: Lá p' ôs tês lados tamém choveu c'm' aqui? – Olha, foi uma coisa de bruteza. Alagô tudo!...

De chofre

d'chofr'

Repentinamente; surpreendentemente; de súbito; sem más esta nem más aquela; tã penas; de rompante; de ramotão; em menos de nada; num nadinha; sem más nem quem.

Ex: Aquilo foi uma coisa de chofre. Nem tive tempo de pensar.

De costume

d'c'stum-m'

Habitual; habitualmente.

Ex: Mái atão os escalavardos vieram-te ôtra vez ô galinhêro?!... – Já é de c'stume eles fazerem isso. Nã me escapa aqui galinha nenhuma...

De cu à vela

d'cu à vela

Nu; despido; em cação; em panete; em pelote; em pelão.

Ex: Ai, que vergonha! Andares aí de cu à vela!... Vai-te já vestir!

De cudados

de cudad's

Preocupante; grave.

Ex: O Tóino des que 'tá p' além doente... Aquilo sará coisa de cudados?...

De desbarrunta

de d'sbarrunta

De esbarrunto; em grande quantidade; exagerado; excessivo; de bruteza.

Ex: Aquilo, ontem, é que foi chuva, han?!... – Punhana!... mái atão, aquela água de desbarrunta só presica. Olha, até uma rombada me caíu ali naquele v'lado...

De enfiada

d'enfiada

De seguida; continuamente; sem intervalo; duma assentada; de infiada.

Ex: Hoje choveu toda a tarde d' enfiada até já bem de noite.

De esguelha

d'esguêlha

De lado; de soslaia; obliquamente; de través; de ravés; de raspão.

Ex: Parêce que 'tás desconfiado. Semp' a olhares de esguelha... Nã tenhas medo que ninguém te faz mal nenhum.

De fio a pavio

d'fi' a pavío

Completamente; duma ponta à outra; do princípio ao fim; em pormenor.

Ex: O raio dos môces-pequenos f'caram aqui sòzinhos, revolveram a casa de fio a pavio...

De fora

de fora

Estrangeiro; do estrangeiro.

Ex: Isto sã batatas de fora ó sã das nossa?

De hoje p' à frente

d'hoje p'à frente

De hoje em diante.

Ex: Já viste a minha pôca sorte?... Aquelas batatas qu' ê cá samií no temprão arderam-me todas... – Isto, im anos que venham geadas, dá-se isso... – D' hoje p' à frente, nunca mái me oponho a isto. Samê-as no tarde e pronto.

De infiada

d'infiada

De seguida; continuamente; sem intervalo; duma assentada; de enfiada.

Ex: Hoje chové toda a tarde d' infiada até já bem de noite.

De jêto

d' jêt'

Que preste; com lógica; com préstimo.

Ex: Isto, as fêras, agora, já nã têm nada de jêto. É só trapos e porcarias... | Falaste este tempo todo, inda nã d'zeste nada de jêto...

De ladêra abaxo

d'lâdêr'àbax'

A descer.

Ex: Olhe, é semp’e de ladêra abaxo até lá. Nã tem nada que saber.

De ladêra acima

d'lâdêr'àcima

A subir.

Ex: De ladêra acima custa munto más, ahã?..

De lavado (fazer a cama)

fazer a cama de lavad'

Mudar a roupa à cama.

Ex: Amanhã é d'mindo, tenho de fazer a cama de lavado, qu' aqueles lençós já 'tã tôd's sujos.

De lê

d'lê

Legal; correcto; de acordo com a tradição.

Ex: O qu' ele 'tá fazer nã é de lê. Atã corta-se assim o caminho à famila sem mái nem quem?....

De má boca

d'má boca

Sem apetite; esquisito na comida; bicoso; fastiento.

Ex: Nã sê o que faça de comer p' ô mê Antóino. É tã de má boca...

De manêras que

d'manêras que

Portanto; por isso; então; assim; de modes que.

Ex: Ninguém me chegou aqui ô pé, de manêras que tenho ‘tado aqui a cavar sozinho toda a tarde.

De maré

d'maré

Com o cio; menstruada; predisposto; bem disposto; receptivo; ressaída; ruim; com o janêro; nã estar capaz.

Ex: O estapor da burra anda de maré, nã se dá conta dela. Tenho qu’a prender na cabana uns dias até isto 'le passar…

De modes que

d'mod's que

Portanto; por isso; então; assim; de manêras que.

Ex: Ninguém me chegou aqui ô pé, de modes que tenho 'tado aqui a cavar sozinho toda a tarde.

De ora em q'onto ou de ora im q'onto

d'or'emq'ont' ou d'or'imq'ont'

Às vezes; de vez em quando; q'ondo calha; uma vez por ôtra; de q'ondo em vez.

Ex: Adond' é que vás, Zé Manel? – Vô-me à dos mês avozes. – Atã vás lá tod's dias? – Nã. Vô-me lá de q'ond' em vez.

De paga

de paga

Pago; não gratuito.

Ex: Maria, semp'e se vai àquela coisa lá im baxo daquele treato do intrudo? – Olha, ê cá gostava, mái aquilo, p'ro jêto, é de paga... – E sará munto caro? – Sê cá?!...

De pancada

d' pancada

Regar com o tanque totalmente solto, isto é, não colocar qualquer tempradoiro no bitoque para que a água saia livremente; soltar o tãinque de pancada.

Ex: Ê gost' é de regar de pancada. Aquil' é um vê se t' avias. Em men's de nada, me despacho. – Pôs, pôs... e a água que se perde?... P' a nã falar dos quebradoiros... qu' a água leva a terra toda.

De pantanas

d'pantanas

Caído; desarrumado; desfeito; desmanchado; estragado; de pernas para o ar; estramalhado; espatarrado; espaldêrado.

Ex: Enq'onto nã puseste isso tudo de pantanas nã descansaste. Agora arruma tudo ôtra vez, vá!...

De posses

d'poss's

Rico; abastado.

Ex: Aquela gente ali dos Mascarenhas q'ontos carros aquilo têm, mam?... – Eles podem ter que sã gente posses...

De premêo

d' premêo

No meio; entre; entremêo.

Ex: Com' é qu' ê agora dô alimpado isto s'a percaria 'tá aqui méme no entremê da bainha?...

De q'ondo em vez ou de q'ondo im vez

d'q'ond'em vez ou d'q'ond'im vez

Às vezes; de vez em quando; q'ondo calha; uma vez por ôtra; d'ora em q'onto.

Ex: Adond' é que vás, Zé Manel? – Vô-me à dos mês avozes. – Atã vás lá tod's dias? – Nã. Vô-me lá de q'ond' em vez.

De rabo alçado

d'rrab'alçad'

Agressivo; espevitado; vaidoso; presunçoso; baboso; caganêroso; inchado; asno; maniento; maniento; cu d'asnêra; penêrento; de venta arreganhada.

Ex: Já viste bem o fêtio da Mari Justa? – Marafada, nã se l'e pode d'zer nada 'tá logo de rabo alçado...

De ramotão ou de rompante

d'rram'tão ou de rompant'

Repentinamente; inesperadamente; de repente e em força; sem más esta nem más aquela; de chofre; de ramotão; em menos de nada; num nadinha; sem más nem quem.

Ex: Rai' dos moç's, entraram aqui todos, de rompante, dêxaram-m' a casa nest' estado, toda desarrumada. – Perqu' é que nã te zangaste com eles?... – Ai nã me zanguí. Até um sapato ê l'e joguí atrás...

De raspão

d'rrâspão

Ao de leve; ligeiramente; de lado; de esguelha; de ravés.

Ex: Rai' dos moç's, entraram aqui todos, de rompante, dêxaram-m' a casa nest' estado, toda desarrumada. – Perqu' é que nã te zangaste com eles?... – Ai nã me zanguí. Até um sapato ê l'e joguí atrás...

De ravés

d'râvés (como em Andrez)

De lado; de soslaio; obliquamente; de esguelha; de raspão; de través.

Ex: Nã sê que jêto me 'tares a olhar assim de ravés... Fiz-te algum mal?... – Quem é que te 'tá a olhar de ravés?... Vai más é emblicar com ôtra!...

De rijo

d'rrij'

Alto; em voz alta.

Ex: Nã precisas de falar de rijo qu’ê nã sô surdo … E nã penses que me metes medo.

De rijo (falar)

falar d'rij'

Falar alto; gritar.

Ex: Nã precisas de falar de rijo qu’ê nã sô surdo … E nã penses que me metes medo.

De roda

d'roda

À volta; à beira; à roda; ô redor.

Ex: O melhor caminho é ali de roda, passando p' trás de casa do Parente Zé. |Ó moç's, vã lá brincar um coisinho ali p' à rua. Nã nos quero aqui semp'e de roda de mim.

De sacada

d'sacada

Aos solavancos.

Ex: O Tóino nunca mái aprende a andar de b'cicleta a motor. Já a tem há mái dum inda arrenca sempre de sacada... – O homem nã tem queda p' àquilo, nã serve de nada l' insinarem...

De teres

d'ter's

Rico; possuidor de bens; com boa situação económica.

Ex: Eles andam assim tod's mal vestid's, mái nã penses, aquil' sã gente de teres. – Des que têm muntas sobrêras e madronhêr's...

De todo o tamanho

d'tôd'ô tamanho

Grande; muito grande; um belo; valente.

Ex: Eles andam assim tod's mal vestid's, mái nã penses, aquil' sã gente de teres. – Des que têm muntas sobrêras e madronhêr's...

De tornêrada

d' tornêrada

Com o caudal máximo; regar com o tanque totalmente solto, isto é, não colocar qualquer tempradoiro no bitoque para que a água saia livremente; soltar o tãinque de pancada.

Ex: Ê gost' é de regar de tornêrada. Aquil' é um vê se t' avias. Em men's de nada, me despacho. – Pôs, pôs... e a água que se perde?... P' a nã falar dos quebradoiros... qu' a água leva a terra toda.

De través

d'trâvés (como em Andrez)

De lado; de soslaio; obliquamente; de esguelha; de raspão; de ravés.

Ex: A melhor manêra de chegar lá é ires assim de través até mêa chapadae, e daí, voltar p'ra cima.

De venta arreganhada

d'vent'arr'ganhada

Antipático; zangado; com má cara; marafado; marfado; enzainado; danado; enrèxado; com cara de pocos amigos; de rabo alçado.

Ex: Dêx'-ô qu' ele hoje 'tá de venta arreganhada, inda se joga a ti...

De zambareta

d'zambareta

De lado; desequilibrado; apressadamente.

Ex: Dêxa-me da mão... Olha qu' ê dô-te uma corrida qu' até vás de zambareta!...

Debelicar

d'b'licar

Debicar; fazer um corte na casca das castanhas, antes de as pôr a assar, para não rebentarem; tirar as pontas ao feijão verde; desbelicar.

Ex: Nã t’esqueças a debelicar as castanhas antes de fazer o magusto. | Ó T’resinha, ajuda-me lá aqui a debelicar estas bajas.

Debôto

d'bôt'

Desbotado; delido; puído; pigarço.

Ex: Estas calças, debôtas como ‘tão, já nã ‘tão capazes de levar à missa.

Debrum

d'brum

Dobra; bainha.

Ex: Isso f'cô aí um debrum maior p'a nã cortar um pedaço das pernas das calças. Assim, s' elas encolherem, baxa-se ôtra vez.

Décima

déç'ma

Imposto; contribuição.

Ex: Já arrecebi p' ali a carta p'a ir pagar a décima, tenho qu' ir à Vila um dia destes, entes qu' o mês acabe...

Decomer

d'c'mer

Comida; alimento; comer; bucha; farnel.

Ex: Põe-me lá aí o decomer na mesa qu´ê tenho d’ir trabalhar.

Dedo grande

ded' grand'

Dedo polegar; mata-piôlhos.

Ex: Tenho a unha do dedo grande encravada, grandes dores que me dá!...

Defender-se

d'fender-s'

Solucionar um problema; desenrascar-se; resolver um assunto.

Ex: Ó homem, nã tenhas problemas qu' as ruas lá im Lisboa têm todas uma placa com o nome. É só ires andando e tomares sentido...– E o qu' é qu' isso m' adianta, sê nã sê ler. P'a me defender só se prèguntar a alguém... – É que tu fazes...

Degrau

d'grau

Grau.

Ex: Posto contigo com-m' esta aguardente nã tem vinte degraus....

Dela

dela

Aguardente de medronho; madronhêra.

Ex: Tome lá um calcesinho dela, prim’Chico!...

Delido

delid'

Desgastado; puído; debôto; pigarço.

Ex: Esta camisola já ‘tá tã delida, mormente aqui nas mangas, que nã ‘tá capaz de vestir.

D'em joelhos

d'em joelh's

Ajoelhado; de joelhos.

Ex: Ê já nã posso 'tar munto tempo d'em joelhos qu'i depôs nã me dô alevantado.

D'em pé

d'em pé

De pé; d'impé.

Ex: Olhe, p'a d'zer a verdade, 'tô melhor d'em pé do qu'assentado. Se t'ver as pernas dobradas munto tempo, nã me dô endrêtado.

Demo

demo

Diabo; diacho.

Ex: Ontordia, passí ali ô Barranco do Demo, aquilo é uma barroca qu' é um disparate... – Ê cá até tenho medo d' ir p' àquelas bandas.

Dente de cão (geada)

geada dent'd'cão

Diz-se da geada cujas peças de gelo têm vários centímetros de altura.

Ex: Tal é este geadão que 'tá aí?!... – Esta é da dente de cão. àlém daquela banda até se m' interravam as botas drento dela…

Derrabujar

d'rrab'jar

Cortar as ramificações e pontas das árvores (rabuja).

Ex: Se mecêa t’vesse falta, ê nã mémportava d’ir trabalhar consigo pr’ôs calitros. – Só se for a derrabujar.

Derregar

d'rr'gar

Derreter.

Ex: Com este calor a banha já ´tá a derregar toda.

Derrengado

d'rrengad'

Derreado; desengonçado; desconjuntado; desasado; enjôjado; entenguido; escalfado; desmastreado.

Ex: Esta mesa ‘tá toda derrengada. Inda cai no chão.

Derrepente

d'rr'pent'

Precipitação; fúria; gesto espontâneo; gavierra; veneta; géno; ravasca; alvriamento; ganas; rabeada; sezão.

Ex: Nã te descudes com ele, qu’ainda lá um derrepente e põe contigo de pernas pr’ô ar.

Derreter-se

d'rr'ter-s'

Encantar-se; atrair-se; encrençar-se; embêçar-se.

Ex: O qu’é qu’ele vê naquilo p’a andar derretido daquela manêra, senhor?!...

Derretido

d'rr'tid'

Encantado; embêçado; imbêçado; crençoso; encrençado; emprensado.

Ex: Nã dê o que ela vê naquele moço quánda toda derretida por ele…

Derrijo

d'rrij'

Orientação; governo.

Ex: Aquela casa nã tem derrijo nenhum. Cada qual estraga p’ra sê lado!...

Derrombada

d'rrombada

Derrocada de um valado; desmoronamento; rombada.

Ex: Com esta chuva toda já caí' ali uma derrombada naquele cantêro do mêo. – Ai, Nossa Senhora, qu' a r'bêra tamém já vai a estibornar... Ist' é uma desgraça!...

Dés 'le dê saúde dés le dê saúd' Saudação de chegada ou partida. Ex: Fique-se vomecê com Dés. – Dés 'le dê saúde, parente.

Dés ‘le perdoe...

dés le perdoe...

Expressão que significa simultaneamente uma prece a Deus e um respeito por um falecido sempre que alguém se refere a ele, principalmente se for familiar próximo ou amigo; Dés o tenha no céu…

Ex: O mê avó, Dês ‘le perdoe, era munto mê amigo. Trazia-me semp’um convindado.

Dés Nosso Senhor o acompanhe dés Noss'Senhor o acompanh' Saudação de partida. Ex: Bom, vô-me andando. Tenham por cá munta saúde. – Dés Nosso Senhor o acompanhe, compadre.

Dés o tenha no céu...

dés'o tenha no céu...

Expressão que significa simultaneamente uma prece a Deus e um respeito por um falecido sempre que alguém se refere a ele, principalmente se for familiar próximo ou amigo; Dés ‘le perdoe…

Ex: Coitada da ti Mari Zé, Dês a tenha no céu, já faz um ano que s’enterrou.

Dés (fique-se com) diq'-se com Dés Saudação de partida. Ex: Fiquem-se com Dés qu'ê vô-me andando até à Refóias. – Vá com Dés qu'ê despôs d'amanhã logo lá parêço.
Dés ('teja com) deja com Dés Saudação de chegada. Ex: 'Teja com Dés, prima. – Venha vomecêa com Dés.
Dés (vá com) dá com Dés Saudação de partida. Ex: Atão, fiquem-se com Dés. – Vá com Dés. Já que nã quer 'tar más um pôcachinho aqui ô pé da gente...
Dés (venha com) denha com Dés Saudação de chegada. Ex: 'Tejam com Dés, mês amigues. – Venha com Dés e seja munto bem parcido, parente Jôquim.

Des que

d's que

Consta; diz-se que; diz; disse; diz que; corre fama.

Ex: Sará verdade qu’ele dêxou a mulher? – Des que sim. Des qu’ele a dêxou e fugiu com outra.

Desabusado

d'sâbusád'

Abusador; exagerado.

Ex: Que moço tã ingraçado qu' é o Zé Manel... – Nã l'e dês munta largueza... olha qu' ele é assim, mái é munto desabusado....

Desafogar

d'safogar

Confidenciar; aliviar.

Ex: Ai, m'lher. 'Tô uma pilha. Dêxa-me desafogar contigo senã arrebento...

Desafogo

d'safôg'

Espaço; largueza.

Ex: Que belo assento de casas qu’a prima tem aqui… Com um desafogo destes até dá consolo.

Desafôro

d'safôr'

Desarrumação; confusão; desassosego; desalvôro; estrafego; desconchego; destrôxo; entrôxo; espòjêro; marafunda.

Ex: Esta casa 'tá num desafôro qu’é uma vergonha se vem aí alguém.

Desafortunadamente

d'sâf'rt'nadamént'

Infelizmente; por azar.

Ex: Que belo assento de casas qu’a prima tem aqui… Com um desafogo destes até dá consolo.

Desafrontadamente

d'safrontadament'

Desprevenidamente; com franqueza; à vontade; desapercebido; despercebido.

Ex: Nã t' ofendas com-migo, qu' ê disse isto desafrontadamente, nem sabia que tu tamém 'tavas metido no caso....

Desagravo

d'sagrav'

Arrependimento; pedido de desculpas.

Ex: 'Tô pensando aprometer uma promessa d' ir a pé à Nossa Senhora de Guadalupe im desagravo dos mês pecados. – Ó m'lher nã sejas parva. Atã nã vês qu' isso é munto longe?... Fica bem lá p' ô pé de Sagres...

Desalbardar

d'salbârdár

Retirar a albarda da besta; desaparelhar.

Ex: Inda demoras munto, Tóino? – ‘Tô quái despachado. É só desalbardar o burro.

Desalvorado ou desalvoriado

d'salvorad' ou d'salvoriad

Desorientado; exaltado; a alta velocidade.

Ex: Désna que ‘l’aconteceu aquilo, tem andado desalvorado nunca mái trabalhou.

Desalvorar ou desalvorear

d'salvorar ou d'salvorear

Abalar; desorientar-se; exaltar-se; ir a alta velocidade.

Ex: Nã sê o que l'e fazeram, desalvorô daqui p'ra fora que nunca mái ninguém o viu....

Desalvôro

d'salvôr'

Desarrumação; confusão; desassossego; estrafego; desconchego; destrôxo; entrôxo; espòjêro; marafunda; desafôro.

Ex: Esta casa ‘tá num desalvoro qu’é uma vergonha se vem aí alguém.

Desanda

d'sanda

Descompostura; reprimenda

Ex: Q'ondo a tu mãe saber disto, levas uma desanda que nem sabes....

Desandar d'sandar Tombar; cair; abalar; ir-se embora; baldear; dar de frosque; pôr-se a andar; v’reda, cá vou eu!..... Ex: Nã ponhas o prato tã à bêra da menza qu'ele desanda p?ô chão...

Desaparelhar

d'sâpâr'lhár

Retirar a albarda da besta; desalbardar.

Ex: Inda demoras munto, Tóino? – ‘Tô quái despachado. É só desaparelhar o burro.

Desapartar

d'sâpârtár

Separar.

Ex: Desaparta aí os dôs galos se nã eles matam-se um ô ôtro.

Desapercebido

d'sp'rç'bid'

Distraído; disfarçado; discreto; sorrateiro; despercebido; rasmôlgo; desafrontadamente; desintendido.

Ex: Ela 'tá-se a fazer despercebida, mái 'tá a bispar tudo o qu' a gente faz...

Desaprecatar-se

desâpr'câtár-se

Descuidar-se; desprevenir-se; desleixar-se; desacautelar-se.

Ex: Desaprecatí-me ali com os margotõs, 'tá quái tudo b'choso...

Desarradar

d'sarradar

Desviar; afastar; mover; arradar.

Ex: Ajuda-me lá aqui a desarradar esta caxa qu'ê dêxí cair uma faca ali p'a trás e nã na dô tirado sozinha.

Desasado

d'sasad'

Derreado; desequilibrado; com um braço partido ou em mau estado; desasado; enjôjado; entenguido; derrengado; escalfado; desengonçado; desconjuntado; desmastreado; descadraçado; escadraçado.

Ex: Com o carrégo da cortiça f’quí todo desasado. Cust’-m’a mexer.

Desassossego

d'sassosseg'

Desarrumação; agitação; desalvôro; estrafego; desconchego; destrôxo; entrôxo; espòjêro; marafunda; desafôro; fandeliro; correpio.

Ex: Que desassosseg’é este pr’aqui, Senhor?!… Vamos lá aconchegar esta casa.

Desàstinado

d'sàstinád'

Farto; enfadado; desesperado.

Ex: C'm' é que vai o parente Zé, prima? – Um coisinho melhor. Mái, pobrezinho, já 'tá desastinado de nã dar saído da cama...

Desastre

d'sastr'

Acidente.

Ex: O tóino teve um desastre com a b’cicleta, acho qu’ele ficou  mal.

Desatar

d'sâtár

Começar; ferrar; jogar-se; romper.

Ex: Nã faças isso, senã o burro panha medo e desata p' aí a fugir, inda me dêta a carga abaxo...

Desbarrunta (de)

de d'sbarrunta

De esbarrunto; em grande quantidade; exagerado; excessivo; de bruteza.

Ex: Aquilo, ontem, é que foi chuva, han?!... – Punhana!... mái atão, aquela água de desbarrunta só presica. Olha, até uma rombada me caíu ali naquele v'lado...

Desbarruntar

d'sbarruntar

Esbarruntar; surgir em excesso.

Ex: Calhava-me que chovesse aí uma bela chovinha que passasse bem a terra... – Nâ pessas munta, olha que pode ela desbarruntar p' aí à bruta...

Desbelicar

d'sb'licar

Debicar; fazer um corte na casca das castanhas, antes de as pôr a assar, para não rebentarem; tirar as pontas ao feijão verde; debelicar.

Ex: Nã t’esqueças a desbelicar as castanhas antes de fazer o magusto. | Ó T’resinha, ajuda-me lá aqui a desbelicar estas bajas.

Desbocado

d'sbocad'

Desorientado; deselegante; mal-educado; destravado; malcriado.

Ex: Este moço é um debocado que nã respêta ninguém. É que nã tem vergonha nenhuma.

Desbragachado

d'sbragachad'

Desabotoado; com a fralda de fora; mal vestido; andar a vender aguardente.

Ex: Ó homem, põe-me essa frlada p’a dentro!ã vês qu’é uma vergonha andares assim todo desbragachado…

Desbrugar

d'sbrugar

Descascar fruta, geralmente, com um canivete de bolso; despelar; pelar; esbrugar.

Ex: Empresta-me lá aí a tu faquinha pra’ê desbrugar este margotão.

Descadêrado

d'scadêrad'

Com problemas nas cadêras; coxo.

Ex: ‘Tô todo descadêrado com uma dor que me deu aqui. Ai, valha-me Dês!…

Descadraçado d'scâdrâçád'

Derreado; cansado; desasado; desengonçado; desconjuntado; desmastreado; escadraçado; enjôjado; derrengado.

Ex: Punhana, munto trabalhí hoje!... 'Tô aqui que nem me sinto. É que 'tô mémo todo descadraçado...

Descair-se

d'scair-s'

Ceder; decidir-se a fazer algo por alguém; descoser-se.

Ex: Vá lá qu' até enfim te descaíste a pagar um calcesinho. Já d'zia qu' ia daqui im seco...

Descamisar

d'scamisar

Desfolhar; desencamisar.

Ex: Vê lá se vens à noite à minha descasca qu’ê tenho ali milho p’a descamisar qu’é um desparate.

Descampado

d'scampad'

Ermo; deserto; lugar sem árvores; escampado.

Ex: S’uma creatura se perde num descampado daqueles nem tem ninguém p’ra preguntar o caminho.

Descampar

d'scampar

Parar de chover; levantar; escampar.

Ex: Já choveu um belo aguacêro, más’agora béque-me ‘ta com jêto d’ir descampar.

Descanècado

d'scanècad'

Frouxo; pouco seguro; com dores; desengonçado; descadêrado; desmantalado.

Ex: Agora no Verão ando sempre todo descanècado. O trabalho è munto p’ra mim.

Descangalhar

d'scangâlhár

Desmanchar; desfazer; desmantelar; escangalhar; desgandalhar; esgandalhar.

Ex: Já descangalhaste isso tudo?!… Ê nã te disse p’a nã mexeres aí?!… Agora quero ver quem é que concerta isso…

Descanso

d'scans'

Apoio para manter qualquer coisa de pé; paus presos no varal e na traseira do carro-de-besta, para o manter em posição horizontal, principalmente, quando a besta não está atrelada.

Ex: Nã há nada c'm' à gente dêxar o carro-de-besta semp'e no descanso... Até p'a engatar a besta dá menes trabalho.

Descarapuçado

d'sc'râp'çad'

Sem chapéu ou boné; sem protecção na cabeça.

Ex: Tòininho, nã vás assim descrapuçado p'ra essa torrêra... Olha qu' o sol faz-te mal à cabeça.

Descasca

d'scasca

Desfolhada; descamisada do milho; normalmente eram convidados os vizinhos e/ou familiares para descamisar as maçarocas que se encontravam num montão; sentavam-se sobre elas, contavam anedotas e histórias; era servida fruta da época (margotões, peros) acomodada em cestos de vime (verga); como a descasca decorria depois da ceia, já de noite, era frequente os pêssegos estarem bichosos sendo comidos por alguns dos participantes sem que se apercebessem desse facto, o que, posteriormente, era motivo de grande galhofa.

Ex: Vamos à decasca do primo Manel qu’ele precisa d’ajuda. – Ele, este ano tará lá daqueles margotons duráizos brancos? Olha qu' eles, o ano passado, 'tavam chêos de bicho...

Descobrir o gato

d'scobrir'o gat'

Esclarecer um assunto; desmascarar; deslindar.

Ex: A Chica da Murta faz-se munto sonsinha, munto sonsinha, más ê bem vejo quem é qu' and' ali, todas as noites, de roda da janela... – Ai sim!?... Atã dêxa qu' ê logo 'le descubro o gato...

Desconchego

d'sconchêg'

Desarrumação; desalvôro; desassossego; estrafego; destrôxo; entrôxo; espòjêro; marafunda; desafôro.

Ex: Ai, prima, nã a mando entrar qu’ê tenho a casa num desconchego. – Isso nã tem emportãinça nenhuma, prima.

Desconjuntado

d'sconjuntad'

Pouco seguro; desengonçado; descadêrado; derrengado; desmastreado; desasado; enjôjado; entenguido; escalfado; descadraçado; escadraçado.

Ex: Atã como vai, parente? – ‘Tô pr’aqui todo desconjuntado. Désna que andí a carregar aquelas pedras à padiola fequí assim.

Desconjuntar

d'sconjuntar

Desmanchar; desfazer; desengonçar; descadêrar; derrengar; desmastrear.

Ex: Nã jogues assim a cadêra qu' a desconjuntas toda... – Qual o quém... Ist' é bom mat'rial...

Desconjuntar-se

d'sconjuntár-s'

Ficar com um osso fora do lugar; ter uma entorse; desmanchar-se; desmantalar-se; dar um jêto.

Ex: Caí das escalêras abaxo, ia-me desconjuntando todo.

Desconsolado

d'sconsolad'

Desiludido; triste; desagradado; descorçoado; desmarrido.

Ex: O qu' é que tens, Tòininho, que 'tás aí tã sossegado? – O pobrezinho 'tá todo desconsolado, que nã tem com quem brincar...

Descontravontade ou descontrafêto

d'scontravontad' ou d'scontrafêt'

Contrariado; forçado; obrigado; sem apetite; a custo; d'arreata.

Ex: Atã nã vêem que me desqueci de trazer o barril da água. Ê já vinhe fazer este serviço descontravontade e agora atão inda pior. Com um calor destes quem é qu'aguenta a sede?...

Descorçoado

d'scurçuad'

Desalentado; desiludido; desanimado; esmorecido; desmarrido.

Ex: Têm-me morrido os coelhos todos com aquela doença qu’apar’ceu pr’aí. Já ‘tô méme descorçoado com isto.

Descorrer

d'scorrer

Lembrar-se; vir à ideia; perceber; compreender; discorrer.

Ex: 'Tive aqui a pensar naquilo, só passado um belo pôco, é que me descorreu o qu' é qu' havera de fazer...

Descoser-se

d'scuser-s'

Ceder; decidir-se a fazer algo por alguém; descair-se.

Ex: Vá lá qu' até enfim te descoseste a pagar um calcesinho. Já d'zia qu' ia daqui im seco...

Descreto

d'scret'

Inteligente; esperto; escreto.

Ex: Este mecéco nã é lá munto descreto, coitadinho. Todos abusam dele.

Descuidar-se ou descudar-se

descuidar-s' ou d'scu'dar-s'

 Abusar; distrair-se; desmazelar-se; desleixar-se; dar um traque; aventar.

Ex: Minha senhora, este menino descuidou-se!… Bú! Que má-chêro…

Descuras (à)

à d'scuras

Às escuras.

Ex: P'a melhor, agora, inda s'acabô a pilha do fócse. Com'é qu'a gente dá chegado a casa à descuras pr'um caminho destes?

Desembaçar

d'sembâçár

Engolir; limpar a garganta.

Ex: Nã quer um calcesinho dela p'a desembaçar das f'lhoses?... – Calhando, dava-me jêto...

Desem-maginar-se

d'sem-maginar-s'

Desiludir-se; desistir; desinteressar-se; esquecer; tirar o sentido de; desimaginár-se; chegar p’ra lá os bêços; barimbar-se; marimbar-se; fazer cruzes; fazer-l'e cruzes.

Ex: Desem-magina-te, que daqui nã levas nada. Se queres bebida, manda vir e paga.

Desencamisar

d'sencamisar

Desfolhar; descamisar.

 Ex: Vê lá se vens à noite à minha descasca qu’ê tenho ali milho p’a desencamisar qu’é um desparate.

Desencantar

d'sencantar

Referir; recordar; fazer menção.

 Ex: Ajuntaram-se os trê, puseram-se a charolar, o qu' eles pintaram p' ali... – É verdade. Nã hôve nada qu' eles nã desencatassem...

Desencardir

d'sencardir

Retirar nódoas ou sujidade forte da roupa, geralmente pelo processo de còrar ou barrela.

Ex: Já pus estas calças a còrar, mái nã desencardiram. Calhando, tenho qu’as pôr na barrela.

Desencarrilar ou desencarrilhar

d'sencarrilar ou d'sencarrilhar

Descarrilar.

Ex: Soou pr’aí qu’o comboio descarrilhou. Ia-se dando um grande desastre.

Desinfastiar ou desenfastiar

d'sinfastiar ou d'senfastiar

Desenjoar; variar.

Ex: O qu' é que queres, hoje, p' ô jantar, Tóino? – Sê cá... Só se fosse p' aí uns m'lhinho... p'a desinfastiar de tanta côve...

Desengalgar

d'sengalgar

Entrar em grande aceleração; deslocar-se a alta velocidade; correr.

Ex: Qónd’ele desengalgou por í abaxo, nunca pensí qu’ele nã se matasse…

Desengonçado

d'sengonçad'

Pouco seguro; que abana; derreado; derrengadodesconjuntado; desasado; enjôjado; entenguido; escalfado; desmastreado; descadraçado; escadraçado; desingonçado.

Ex: Esta banca ‘tá tã desengonçada qu’ê nã sê s’o pórco nã vai cair daí p’ô chão.

Desenlear

d'senliar

Esclarecer; compreender; destrinçar; analisar; ajuntar; deslindar; descobrir o gato.

Ex: Temos de desenlear bem isso qu’ê nã acredito que seja bem assim.

Desenrascanço

d'senrascanç'

Ajuda; remedeio.

Ex: Ê cá gosto sempre de dêxar umas belas sementinhas de quasequer bejoaria. É p'ra mim semear e p'a um desenrascanço p'a um amigo.

Desensofrido

d'sensofrid'

Impaciente; incapaz de suportar a dor; em pulgas; em ferros.

Ex: Quem é que ‘le dá fêto o tratamento, desensofrido com’ele é?…

Desenvolver

d'senvolver

Produzir; acelerar; fazer qualquer coisa depressa.

Ex: Ê bem tenhp preciso d' alguém p'a m' ajudar a cavar estes cantêros, qu' ê, sòzinho, nã desenvolvo quái nada…

Desenvolvimento

d'senvolviment'

Rapidez; despacho.

Ex: Tens que dar más desenvolvimento ô serviço, senã nã damos acabado isto até ô fim do dia.

Desenxabido

d'senxabid'

Sem sabor; sensaborão; com mau aspecto; sem aira nenhuma.

Ex: Que peros tã desenxabidos. Nã têm gosto nenhum.

Desfortuna

d'sf'rtuna

Infelicidade; desgraça.

Ex: Os filhos do ti Zé Cartaxo nã ‘le ligam nã sê perquém. – Que grande desfortuna. P’a ter filhos assim, é melhor nã ter nenhuns.

Desgadelhado

desgadelhado

Despenteado; desgrenhado; esgadelhado.

Ex: Vai más é pentear esses cabelos, que ‘tás toda desgadelhada.

Desgandalhar

d'sgandâlhár

Desmanchar; desfazer; desmantelar; descangalhar; escangalhar; esgandalhar.

Ex: Já desgandalhaste isso tudo… Ê nã te disse p’a nã mexeres aí?!… Agora quero ver quem é que concerta isso…

Desimaginar-se

d'zim-maginar-s'

Desiludir-se; desistir; desinteressar-se; esquecer; tirar o sentido de; desemaginár-se; chegar p’ra lá os bêços; barimbar-se; marimbar-se; fazer cruzes; fazer-l'e cruzes.

 Ex: Desimagina-te, que daqui nã levas nada. Se queres bebida, manda vir e paga.

Desinçar

d'sinçar

Perder o inço; extinguir.

Ex: Ó João nã tens pr’a lá umas sementinhas de couve de novelo que me dês? Desincí-me das que tinha, agora queria samear e nã tenho.

Desinfeliz

d'sinf'liz

Infeliz; desgraçado; coitado; maltrapilho; de baixa condição social; pobre-triste; pobre-diabo; pindérico; gato-pingado.

Ex: O ti 'Náiço p' além 'tá semp'e sozinho, ninguém l'e cheg' ô pé... Já vi' aquela desgraça?... – Coitadalho, aquil' é um desinfeliz...

Desingonçado

d'singonçad'

Pouco seguro; que abana; derreado; derrengadodesconjuntado; desasado; enjôjado; entenguido; escalfado; desmastreado; descadraçado; escadraçado; desengonçadp.

Ex: Esta banca ‘tá tã desingonçada qu’ê nã sê s’o pórco nã vai cair daí p’ô chão.

Desintendido

d'sintendid'

Distraído; disfarçado; sorrateiro; desapercebido; rasmôlgo; desafrontadamente; desintendido.

Ex: Ela 'tá-se a fazer desintendida, mái 'tá a bispar tudo o qu' a gente faz...

Deslindar

d'slindar

Esclarecer; ver; analisar; destrinçar; compreender; ajuntar; desenlear; descobrir o gato.

Ex: Temos de deslindar bem isso qu’ê nã acredito que seja bem assim.

Desluzido

d'sluzid'

Reduzido; magro; sumido.

Ex: C’madre, o seu filho tem ‘tado doente? ‘Tá tã desluzido!…

Desluzir-se

d'sluzir-s'

Diminuir; desaparecer; levar sumiço; desparcer.

Ex: Ata este ano tens muntas anexas? – Nã… Umas caem, outras comem os pássaros e as abelhas… Deslóze-se tudo.

Desmaiar

d'smaiar

Comemorar o 1º de Maio no campo, geralmente com um passeio e merenda.

Ex: Ata ond’é que vás desmaiar este ano? – Dia de Maio ‘tô a pensar ir ô correpito da Fóia.

Desmanchar

d'smanchar

Esquartejar; separar as diversas partes do corpo do animal abatido; estafajar; ratraçar.

Ex: Agora qu’isto já ‘tá bem encaminhado, vão jogar um b’cadinho às cartas, enq’onto ê cá desmancho o resto do pórco.

Desmanchar-se

d'smanchar-s'

Ficar com um osso fora do lugar; ter uma entorse; dar a entender; não disfarçar; desmantalar-se; desconjuntar-se; dar um jêto.

Ex: Manel, mái atão o qu’é que t’aconteceu? – Desmanchí-me. Tenho quír ôs Perêros ô end´rêta.

Desmanchar-se a rir

d'smanchar-s'a rir

Rir muito; rir às gargalhadas.

Ex: Aquele moço diz tantas parvoêras, qu' ê nã posso 'tar ô pé dele, desmanch'-me logo a rir...

Desmancho

d'smanch'

Aborto provocado.

Ex: Ê cá nã acho bem isso dos desmanchos. Ai, que vergonha.

Desmancho (fazer um)

fazer'um d'smanch'

Abortar voluntariamente.

Ex: Estas mulheres agora já nã têm juízo nem vergonha. E depôs andam semp’a fazer desmanchos.

Desmantalar-se

d'smantâlár-s'

Ficar com um osso fora do lugar; ter uma entorse; desmanchar-se; desconjuntar-se; dar um jêto.

Ex: Caí das escalêras abaxo, ia-me desmantalando todo.

Desmarrido

d'smârrid'

Desconsolado; deprimido; desfalecido; desiludido; triste; amòrado; dercorçoado; desmastreado .

Ex: O qu' é que t' aconteceu p'a 'tares assim desmarrido dessa manêra? – Ora, trabalhí tôd' ô dia...

Desmastreado

d'smâstreád'

Derreado; cansado; desasado; enjôjado; entenguido; derrengado; escalfado; desengonçado; desconjuntado; desmarrido; descadraçado; escadraçado.

Ex: Ó homem descansa um coisinho que tens trabalhado tanto... – P'a d'zer a verdade, 'tô aqui todo desmastreado.

Desmoer

d'smuer

Digerir; analisar; aceitar; adaptar-se.

Ex: Parente, coma-l'e aqui um coisinho de presunto do mê pórco p'a provar... – M't'ôbrigao, mái nã posso. Inda ê cá nã desmoí o jantar.

Desmoitar

d'smoitar

Desmatar; desbravar; limpar uma parcela de terreno, arrancando o mato.

Ex: Tal é esta emprêtada qu’ê tenh’aqui? P’a desmoitar isto tudo nã levo menos d’uma semana.

Desmorcer

d'smurcer

Desanimar; perder as forças; arrèlar; esmorecer.

Ex: Ai, prima, desta vez, béque-me já nã vô arriba. Sint'-me tã mal... Nã desmoreça, que Noss'Senhor há-de ajudá-la.

Desmorcido

desmurcid'

Esmorecido; desanimado; desfalecido; inactivo; amuado; sem acção; sem actividade; em-mon-nado; embezerrado; ensampado; insampado; abismado; embosnado; imbosnado; desmorcido.

Ex: Este pórco tem andado tã imbosnado. Calhando, ‘tá doente.

Désna

désna

Desde; désque.

Ex: Désna que me conheço, semp’e fui assim. O qu’ê digo, faço.

Desnoivamento

d'snoivament'

Acto em que, após o casamento, os noivos passavam a casal normal que consistia numa pequena festa de introdução na sociedade ou apenas no aparecimento em local público que podia tomar a forma de uma simples ida ao povo para assistir à missa.

Ex: Este Domingo foi o desnoivamento do Rui e da Lurdes.

Desnoivar

d'snoivar

Proceder ao desnoivamento.

Ex: Ó filha, este Domingo tens qu’ir à missa desnoivar com o tê marido.

Desôbríga

d'zôbríga

Confissão e comunhão anuais efectuadas  durante a Quaresma.

Ex: Manel, esta semana temos qu’ir à desôbríga. O senhor Prior já avisou, nâ te lembras?

Desòpilar

d'zòpilár

Descontrair; descansar; fugir; desaparecer; ir embora.

Ex: Dêxa-me lá ir agora desòpilar um coisinho, que já 'tô cansado de tanto trabalhar. | Desópila já daqui senã levas um camaço de porrada. Olha qu' ele 'tá bem danado...

Despacho

d'spach'

Rapidez; desenvolvimento; um vê se t' avias.

Ex: Assim nã dás despacho nenhum a isso… Põe este andar, q’ond’é qu’a gente se embora daqui?...

Despàircer

d'spàircer

Desanuviar; distrair-se; divertir-se; espáircer; adevertir-se; charolar; andar na geraldina; andar na charola; andar na boavaiela; andar na ratôiça; andar no laré.

Ex: Dia de Espiga vamos despàircer aí por o campo, ‘ta bem, Manel?

Desparcer

d'spârcer

Perder-se; desaparecer; desluzir-se; levar sumiço.

Ex: Nã sê o que fiz ô didal que já corri tudo à prègunta dele e nã no encontrí. Desparcé que foi nem um fumo…

Desparate (um)

um d'spârát'

Muito; muito grande; enorme; disforme; tã grande ó tã pequeno.

Ex: Tenho ali um desparate de batatas pr’a vender. | Tó! Munto gordo ‘tá o pórco do Zé Manel… É um desparate, deve de ter pr’a más de dezassês arrobas… Nada prá menos…

Despejar as tripas

d'sp'jar'as tripas

Vazar as fezes das tripas do porco para, de seguida, serem lavadas, ripadas e, posteriormente, utilizadas como invólucro dos enchidos (morcelas, chouriças, molhes, etc).

Ex: Calha-me semp’a mim despejar as tripas. Pr’ô ano nã quero este serviço.

Despelar

d'sp'lar

Descascar; pelar; desbrugar; esbrugar.

Ex: Ó, Zèzinha, tu é que me podias ir despelando estas batatinhas enqónt’ê cá fazia outra coisa…

Despensar

d'spensar

Ceder; dar; vender; emprestar.

Ex: Nã ôve, em podendo, despense-me lá aí uma cervejinha p'a ê cá bober, fazendo favor...

Despercebido

d'sp'rç'bid'

Distraído; disfarçado; sorrateiro; desapercebido; rasmôlgo; desafrontadamente; desintendido.

Ex: Ela 'tá-se a fazer despercebida, mái 'tá a bispar tudo o qu' a gente faz...

Despôr

d'spôr

Plantar.

Ex: Já despus bem uns três centos de cebolo num pôcachinho.

Despôs

d'spôs

Depois; e daí; vai daí; òdespôs.

Ex: Despôs do almoço, vou-me logo a caminho da Refóias ver um madronho que tenho pr’a lá.

Désque

désq'

Desde; désna.

Ex: Désque me conheço, semp’e fui assim. O qu’ê digo, faço.

Dessa manêra

dessa manêra

Então; assim; pelos vistos; atão; atã.

Ex: Dessa manêra, c'm' é que se vai fazer isto? Semp'e me queres vender o chibo ó não?... – Se me dares aquela conte qu' ê te pedi, lev' ô já.

Dessabuga

d's-sâbuga ou de-ssabuga

Retirada dos milhos da espiga (sabugo); debulha do milho.

Ex: Tenho tenho p' ali o mê milho todo num monte, uma noite destas 'tô penrando fazer uma dessabuga... – Diga-me isso com tempo qu' ê cá a minha Maria damos-l'e aí uma manita...

Dessabugar

d's-sabugar ou de-ssabugar

Retirar os milhos da espiga (sabugo); debulhar o milho.

Ex: Temos este milho todo p’a dessabugar, c'm’ é qu’a gente faz isto? – Ó homem, vamos fazendo devagarinho. Méme enq’onto se reza o terço, a gente vai des-sabugando.

Destão

d'stão

Tostão, décima parte do escudo, moeda que vigorou até à chegada do euro.

Ex: Zé, nã pagas nada? – Olha nã tenho aqui nem um destão.

Destemprar

d'stemprar

Diluir.

Ex: Este licor de martunho ‘tá munto carregado. Tens qu’o destemprar com um coisinho d’água.

Destorroar

d'sturruar

Desfazer os torrões resultantes da lavra, regularizando a terra para ser semeada à enxada.

Ex: Este bocado de terra é munto má de trabalhar. Só p’a destorroar isto, é um enferno.

Destrambelhado

d'stramb'lhad'

Desorganizado; desajeitado; disparatado.

Ex: Nã tens vergonha de seres assim tã destrambelhado? Nã faças parvoêras. Tem juízo...

Destravado

d'stravad'

Desorientado; deselegante; mal-educado; desbocado; malcriado.

Ex: Este moço anda destravado, nã respêta ninguém. É que nã tem vergonha nenhuma.

Destrôxo

d'strôch'

Desarrumação; desalvôro; desassossego; estrafego; desconchego; entrôxo; espòjêro; marafunda; desafôro.

Ex: Meninos, que destrôxo é este aqui? Toca a aconchegar isto tudo, já depressa!…

Desviado

d'sviad'

Longe; afastado; distante; longínquo.

Ex: Oh, parente, o Forno Velho é munto desviado de Marmelete? – A pé, ind' é um belo pôco. É aí uma légua, mái coisa men's coisa.

Dêtar ovos

dêtar'ov's

Preparar o ninhêro com ovos galados e por-lhe a galinha em cima para os chocar; dêtar pintos.

Ex: Tenho a galinha da índia choca, vou dêtar uma dúiza d’ovos a ver s’ela os dá criado.

Dêtar pintos

dêtar pint's

Ver dêtar ovos.

 

Devagarinho

d'vagarinh'

Baixinho.

Ex: Fala devagerinho p'a nã acordar o môç' pequeno …

Devassar

d'vassar

Espreitar; ver; assomar-se; ingrilar; engrilar; estar de galga no ar; bispar.

Ex: Dêxa-me lá devassar ali o jardim a Rosa a ver com’é qu’ela tem as flores…

Deventre

d'ventr'

Tripas do porco ainda por despejar.

Ex: O deventre ‘tá aqui neste alguidar. Quem é que vai despejar as tripas?

Dever obrigaçõs

d'ver'ôbrigaçõs

Dever favores.

Ex: Aqui os tês v'zinhos béque-me são boas pessoas. – Podes nã acreditar, más dev'-'le muntas obrigaçõs. Q'ondo preciso, é com eles qu' ê me vejo...

Dêxa-me ou dêxa-me lá

dêxa-m' ou dêxa-m'lá

Expressão de tomada de decisão.

Ex: Dêxa-me lá ir que já é tarde.

Dêxar da mão

dêxar da mão

Abandonar; não aborrecer; desistir; esquecer; desvalorizar; não dar importância; barimbar-se; marimbar-se; largar da mão; passar adiante.

Ex: Dêxa-me da mão qu’ê ‘tô marafado!... | Nunca más dou arrencado esta erva toda de tanat qu’ela é. – Dêxa isso da mão qu’ela logo seca.

Dêxar de rir p’a mangar

dêxar d'rir p’a mangar

Falar a sério.

Ex: Tá bem. Más agora, dêxando de rir p’a mangar, diz lá se nã é verdade aquilo qu’ê te disse…

Dêxar ir

dêxár'ir

Verter; estar roto; ter uma rotura; ter um repasso.

Ex: Este cântaro ‘tá a dêxar ir água. – Ata nã vês?!...  já ‘tá rachado no fundo…

Dêxar-se

dêxár-s'

Desistir; abandonar; estar dêxado; negar-se ô puxo.

Ex: O Tóino Gaitinhas dêxô-se de tocar fole, nã sê que jêto?!... – Ora, nã tem precisão disso. E tamém já tem uma bela idade...

Dêxar-se de coisas

dêxár-s'

Não se meter em problemas; não fazer asneiras; não ser teimoso.

Ex: Dêxa-te de coisas e faz o que te digo. Olha qu' ê dô-te uns açoites...

Dêxar ver

dêxar ver

Trazer; entregar; levar; alcançar; dar; vender.

Ex: Dêxe-me lá ver aí essa p'lengana que 'tá na p'lhêra, fazendo favor... – Qual? Esta toda tisnada?...

Dezassete e mêo

d'zasset'i mêo

Trinta e cinco centavos.

Ex: Dá tudo dezassete e mêo. Mái dêxe que logo me paga.

Dia de Ano Bom ou de Ano Novo

dia d'ane bom ou d'ane novo

Primeiro de Janeiro.

Ex: Dia d’Ano Bom, se dar boa matação, matamos o pórco.

Dia de anos

dia d'an-n's

Dia de aniversário.

Ex: Hoje é o mê dia d' anos.

Dia de Festa

dia d'Festa

Dia de Natal.

Ex: Este ano vou passar o dia de festa a Vila Nova, com os mês netos.

Dia de Maio

dia d'Mai'

Primeiro de Maio.

Ex: Hoje é Dia de Maio, vamos desmaiar à Picota. Leva-se este bolo de tacho e uma pinguinha dela p’a beber.

Diacho

diacho

Diabo; demo.

Ex: O diacho do burro é mái raguingoso que sê cá o quem!... Só me dá vontade de l'e dar umas arreatadas...

Diante (em)

em diant'

A partir de; para lá de; depois de.

Ex: Ê só dô parcido lá do mê-dia em diante...

Dichote

d'chot'

Piada; brincadeira; graça; gracejo; chalaça; arrencada; saída; tirada.

Ex: Ê cá nã admito dichotes desses. Por isso, ‘tejam caladinhos qu’é melhor.

Diga lá?

diga lá?

Como?; não entendi; nhora?.

Ex: Ti Tóino, dê-me lá aí um cigarrinho dos seus. – Diga lá? Com este barulho, nã entendi.

D'im pé

d'im pé

De pé; d'em pé.

Ex: Olhe, p'a d'zer a verdade, 'tô melhor d'im pé do qu'assentado. Se t'ver as pernas dobradas munto tempo, nã me dô endrêtado.

Discorrer

d'scurrer

Lembrar-se; raciocinar; vir à ideia; compreender; perceber; descorrer.

Ex:Atã e que jêto nã l'e d'zeres logo que nã tinhas nada com isso?!... – Olha, nã calhô. Nã me d'scorreu isso...

Disposto

d'spôst'

Disponível; às ordens.

Ex: Tenho o serviço tã enleado, s' ê pedir ali ô Tóino, ele nã me dará uma ajudinha?... – Atã isso sabe-se que dá... Ele 'tá semp'e d'sposto p'a tudo...

Dito

dito

Ditado; provérbio.

Ex: Isto despôs de cavalo morto, cevada ô cu... Nã conhêces este dito?... – Atã nã conheço...

Diz que

dízq'

Ver des que.

Dizer coisas

d'zer coisas

Difamar.

Ex: Tens andado pr’aí a d’zer coisas de mim perquém? Pensas qu’ê nã sê?!…

Dizer das suas

d'zer das suas

Dar opinião; criticar.

Ex: Ela portô-se um coisinho mal com ele, más ele já l'e disse das suas…

Dizer por dizer

d'zer p'r d'zer

Dizer sem dar importância; dizer sem intenção.

Ex: Só me dá vontade ir-l'e p' às ventas... Nã ôves a conversa dele?... – Nã ligues qu' ele diz aquilo só p'r d'zer…

Do bom

do bom

Medronho (aguardente) de boa qualidade.

Ex: Se qu'reres bober um calcesinho do bom, anda com-migo qu' ê tenho ali im casa, qu' ê tenho lá um madronho qu' é daqui....

Do lado da mãe

do lad'da mãe

Do quadrante Sul.

Ex: 'Tô a ver o tempo duma manêra que, se calhar, chove. – Ah, iss' é quái certo. Ele 'tá além do lado da mãe, má da volta...

Do mê-dia em diante ou do mê-dia p' à tarde

do mê-dia im diant' ou do mê-dia pá tard'

De tarde; da parte da tarde; depois do meio-dia; das ... em diante.

Ex: Q'óndo é que vás b'scar o bácoro? – Faço conta d' ir amanhã. Aí do mê-dia p' à tarde, pareço lá...

Do melhor

do melhor

Muito bem; de excelente qualidade; muito bom.

Ex: Atã, c'm' é que vai isso? – Do melhor. Nã tenho nada que me apequente...

Dobrar a língua

d'brar'a língua

Ser educado; ter manêras; ter precêto; ter modes.

Ex: É Zé das Gatas!... Dobra essa língua qu'ê nã tenho a tu' idade. Ó queres qu'ê vá contar ô tê pai?

Dobres de Agosto e Tempras de Agosto

dobres d'agosto e tempras d'agosto

Forma de prever o tempo que consiste na observação do tempo que faz em cada dia do mês de Agosto, extrapolando-o para cada mês do ano seguinte. É feito da seguinte forma:
As Tempras:
O dia 1, tira para ele, não conta.Do dia 2 ao dia 13, cada dia corresponde a um mês, por ordem sequencial - dia 2 a Janeiro, dia 3 a Fevereiro, etc.
Os Dobres:
Dia 14, tira novamente para ele, não conta.Do dia 15 ao dia 26, cada dia corresponde, novamente, a um mês, com início em Janeiro, na mesma sequência e como confirmação das Tempras.
Consoante em cada dia faça sol, vento, frio ou calor, chova, esteja nublado ou faça nevoeiro, o ar esteja seco ou húmido, etc, assim será o mês correspondente do ano seguinte.

Ex: Que tempo é que dará p'a este mês? Desqueci-me a ver as Tempras, o ano passado... – Cá nas minhas contas, dá-me pôca chuva ó nenhuma... Agora, navoêro há-de vir com fartura, p'a dar cabo aí da fruta toda... P'r menes, foi o qu' ê cá percebi tanto se faz das Tempras c'm' dos Dobres d' Agosto...

Dòininha

dòinínha

Doninha.

Ex: A ôtra noite, foi-me ali uma dòininha ô galenhêro, matô-me as gakinhas quái todas. Bicho marafado. É que nã as come. Mat'-as e dêx'-as ali, pre judêria.

Donde

dond'

Onde; adonde.

Ex: P'r que porta antraste na igreja que nã te vi? – Antrí p'r a de trás qu' é p'r donde antra quái toda a famila...

Dor de rosca

dor de rosca

Apendicite; dor de ventre muito violenta.

Ex: Mái que dor tã marafada é aquela qu'o ti Zé tem? Sê cá, aquilo é béque-me parcido à dor de rosca...

Dorido

durid'

Magoado; com dor nos músculos devido a ter efectuado um grande esforço; pisado.

Ex: Caí ali na descida p’à fonte, ‘tô aqui todo dorido dum lado.

Dormente

d'rment'

Insensível; adormecido.

Ex: Tenho aqui este braço todo dormente que nem o sinto. Ist’é da idade.

Dorna

dorna

Pipa mais larga em cima e sem tampa; vasilha.

Ex: Ata já panhou munto madronhos? – Já tenho uma dorna más que mêa.

Dôtrina

dôtrína

Catequese.

Ex: E os meninos agora já sabem que, logo a seguir à missa, têm dôtrina com a senhora catequista.

Doze e mêo

dôz'i mêo

Vinte e cinco centavos.

Ex: Era três destons, mái dê-me lá doze e mêo…

Dum todo dum tôd' Completamente; totalmente; de todo; definitivamente. Ex: Já 'tô quái bom, más esta dorzinha aqui na perna é qu'inda nã me passou dum todo.
Duma assentada dum'àssentada Duma vez; de seguida; de enfiada; de infiada. Ex: Ó mãe, nã quero más!... – Ó filha, bebe já isso tudo duma assentada...

Duma tal manêra

duma tal manêra

Tanto; muito.

Ex: Atã já ‘tá melhorzinho da perna. Nem por isso. É qu’isto dói-me duma tal manêra qu’ê nã dou fêto nada.

Duráizo

duráiz'

Pêssego de roer.

Ex: Lembras-te daqueles margotons duráizos brancos qu’havia lá na Refóias? Tenho aqui um margotêro dessa q’ôlidade.

Email: refoias
©O Parente da Refóias
Última mexida: 13-Nov-2011

Site Meter